Chuva causa apagão, alagamento e deixa 7 mil desabrigados em cidade de MT

Por Redação em 11/02/2024 às 10:41:01

A chuva deste sábado (10), em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, deixou seis bairros alagados e atingiu 7 mil moradores, após o córrego Sangradouro transbordar.Vídeos gravados por moradores mostram ruas alagadas, queda de energia e o nível da água dentro das casas com móveis destruídos e objetos boiando.

Um veículo ficou submerso em uma avenida próximo ao Hospital São Luiz, região central. Moradores relataram que houve queda de energia em vários bairros da cidade.

O coordenador da Defesa Civil em Cáceres, Cristiano de Barros informou que mais de 50 pessoas estão abrigadas na escola técnica e que a prefeitura criou um Comitê de Emergência, além de um ponto de apoio para atender os desabrigados.

"O nível do córrego que passa no meio da cidade subiu. Os bairros que o córrego passa alagaram em um perímetro de 500 metros próximo ao córrego[...]Em dois bairros a água chegou na janela das casas, a mais de 2 metros de altura. O pessoal perdeu tudo. Se o pessoal puder ajudar com qualquer material vai ser bom".

O vice-prefeito de Cáceres, Odenilson José da Silva, disse que os moradores podem pedir apoio nesse ponto e também paras as forças de segurança.

"Estamos disponibilizando o setor de apoio na escola técnica estadual que fica ao lado da prefeitura, onde todas as pessoas que estão desabrigadas, precisando de assistência humanizada podem ir até a escola. Todas as forças de segurança vão auxiliar. A partir de hoje, quem precisar pode ligar para o bombeiro, defesa civil e até mesmo ao telefone da prefeitura", disse.

Segundo a defesa civil, os bairros atingidos foram:

Cavalhada I, II e III

Maracanãzinho

Vila Nova

Betel

Cohab Velha

Santa Cruz

Apagão

A concessionária de energia informou que após o temporal, realizou serviços de reparação, mas que 20 mil moradores ficaram sem energia e que 95% dos casos já foram solucionados.

"Mais de 20 mil clientes tiveram o fornecimento de energia impactado pelas condições climáticas. No momento, mais de 95% dos consumidores já tiveram a energia restabelecida. As equipes seguem atendendo, mas encontram dificuldade em alguns locais por conta dos alagamentos", descreveu em nota.

Fonte: G1/MT

Comunicar erro
Radio Jornal de Caceres
InfoJud 728x90
Combate a dengue 2023