Moraes concede liberdade provisória para Valdemar Costa Neto

Por Redação em 10/02/2024 às 19:38:36

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, concedeu liberdade provisória para Valdemar Costa Neto neste s√°bado, 10, e manteve medidas cautelares. O presidente do Partido Liberal (PL) foi preso em flagrante na √ļltima quinta-feira, 8, durante um mandado de busca e apreensão feito pela Pol√≠cia Federal na sede do partido. Costa Neto, que é um dos alvos da Operação Tempus Veritatis, foi preso por porte ilegal de arma e usurpação mineral – os agentes encontraram uma pepita de ouro no local. Na sexta-feira, 9, Moraes havia convertido a prisão em flagrante para prisão preventiva, tanto do presidente do PL, quanto de outros tr√™s investigados. O ministro havia concedido o prazo de 24 horas para que a Procuradoria-Geral da Rep√ļblica (PGR) apresentasse um parecer.

Neste s√°bado, o ministro acatou a decisão da PGR e concedeu liberdade provisória a Costa Neto pela idade avançada, de 74 anos, e pelo crime não ter sido cometido com viol√™ncia ou grave ameaça. A informação foi confirmada pela defesa do presidente do PL, que reafirmou sua confiança no Poder Judici√°rio. A operação deflagrada nesta semana pela PF investiga a organização criminosa que atuou na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democr√°tico de Direito. Além de Valdemar Costa Neto, foram presos na operação os ex-assessores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Filipe Martins e Marcelo C√Ęmara, e o major do Exército, Rafael Martins de Oliveira.

Fonte: JP

Comunicar erro
Radio Jornal de Caceres
InfoJud 728x90
Combate a dengue 2023