Agro Noticia 728x90

Em carta, Pazuello agradece ao embaixador chinês a liberação de insumos da vacina

Por Redação em 26/01/2021 às 12:35:48
Havia um temor de que a vinda dos insumos atrasasse a ponto de prejudicar a produ√ß√£o, mas a China anunciou o envio de 5,4 mil litros. Pazuello agradeceu tudo que a China fez e 'ainda far√°' pelo Brasil na pandemia. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, enviou uma carta ao embaixador da China no Brasil, Yan Wanming, agradecendo pela libera√ß√£o dos insumos para produ√ß√£o de vacinas contra a Covid-19.

Os insumos, chamados de IFA (ingredientes farmacêutico ativos), s√£o exportados pela China. Nesta segunda-feira (25), o país asi√°tico anunciou a libera√ß√£o da matéria-prima, a ser usada pelo Instituto Butantan e pela Fiocruz. Havia um temor de que a alta demanda pelo produto chinês atrasasse o envio de IFA a ponto de prejudicar o plano nacional de imuniza√ß√£o.

"Agrade√ßo, em nome do Presidente Jair Bolsonaro, a carta datada de 25 de janeiro de 2021, que informa sobre avan√ßos nos tr√Ęmites para exporta√ß√£o para o Brasil dos insumos farmacêuticos ativos das vacinas da AstraZeneca e da Sinovac", escreveu Pazuello.

O ministro da Saúde também citou outros gestos de ajuda da China ao Brasil durante a pandemia, como a doa√ß√£o de equipamentos de prote√ß√£o individual.

"N√£o posso deixar passar esta oportunidade para ressaltar tudo que a China j√° fez pelo Brasil, doando equipamentos de prote√ß√£o individual e insumos de saúde desde o início da pandemia, e tudo que sei ainda far√° pelo Brasil, assegurando o fornecimento continuado de ingredientes farmacêuticos ativos para manter o cronograma da vacina√ß√£o no Brasil", continuou Pazuello.

VÍDEOS: veja as últimas notícias sobre as vacinas contra a Covid-19

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90