Governo deve perseguir meta fiscal mesmo que seja difícil, diz Campos Neto

Por Redação em 07/02/2024 às 13:24:21

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 7, que a economia brasileira pode crescer mais de 2% neste ano. Enquanto isso, o último relatório da autoridade monetária projeta crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil de 1,6%. "Pode ser um pouco acima de 2%? Pode", declarou Campos Neto no evento Blue Connections, do site Meio e Mensagem, em São Paulo. Contudo, segundo Campos Neto, os resultados vão depender de fatores externos e internos, como o controle da inflação e o equilíbrio fiscal das contas públicas.

"É importante termos uma meta fiscal. É importante que o governo tente perseguir a meta, ainda que seja difícil. Vemos que o governo está fazendo uma força", acrescentou. O presidente do Banco Central disse ainda que é difícil imaginar que a inflação global vá cair mais sem uma queda da inflação de serviços. Ele ponderou que cada país tem um peso para serviços, mas que, em geral, a inflação do grupo está bastante resiliente. "No mundo emergente está meio embolado, mas com alguns países já no padrão histórico, até um pouco melhor. No mundo avançado, não", comentou.

Fonte: JP

Comunicar erro
Radio Jornal de Caceres
InfoJud 728x90
Combate a dengue 2023