Acordo para cessar-fogo em Gaza e libertação de reféns não começará nesta quinta, diz Israel

Por Redação em 23/11/2023 às 06:24:25

O acordo de cessar-fogo entre Israel e o Hamas, que prevê também a troca de 50 reféns capturados pelo grupo islamista por 150 prisioneiros palestinos, não entrará em vigor antes desta sexta-feira, 24, disseram autoridades israelenses. De acordo com o chefe do Conselho de Segurança Nacional de Israel, Tzachi Hanegbi, a libertação de reféns ocorrerá "não antes de sexta-feira" e "as negociações não param". Também não haverá "pausa" nos combates até então, disse à "AFP" um funcionário israelense sob anonimato. O motivo do atraso, de acordo com Israel, seria a demora do grupo terrorista em entregar a lista com os nomes dos reféns que pretendem libertar. Anteriormente, a imprensa local informou que o trato começaria a ser seguido já nesta quinta-feira. O pacto, vale lembrar, também inclui uma trégua de quatro dias. O novo conflito entre israelenses e palestinos já deixou mais de 13 mil pessoas mortas, sendo 12.400 do lado de Gaza.

Fonte: JP

Comunicar erro
Radio Jornal de Caceres
InfoJud 728x90
Combate a dengue 2023