AL- SOS Mulher

Ministra da Agricultura visita regi√£o de SC afetada pela estiagem

Por Redação em 13/01/2022 às 14:29:22
Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecu√°ria e Extens√£o Rural de Santa Catarina, o preju√≠zo no cultivo do milho pode ser de R$ 1 bilh√£o por conta dos efeitos da seca. Ministra da Agricultura esteve em propriedades rurais afetadas pela estiagem em Chapecó

A ministra da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento, Tereza Cristina, visitou na quarta-feira (12) uma das propriedades rurais afetadas pela falta de chuva no Oeste catarinense.

Ao menos 70 municípios catarinenses estão em situação de seca severa, e dez em extrema. Durante a visita, não foi anunciada nenhuma ação efetiva do governo federal para mitigar os efeitos da estiagem.

A ministra desembarcou no aeroporto de Chapecó por volta das 14h30 e seguiu para a propriedade rural na comunidade de Rodeio Bonito.

Durante a visita a ministra avaliou as perdas agrícolas em função da seca, entre elas os impactos da estiagem na cultura de milho da região. Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), o prejuízo no cultivo do grão pode ser de R$ 1 bilhão.

"Eu vim muito mais para ouvir e ver [a situa√ß√£o da estiagem]. Trouxe comigo uma equipe do Ministério da Agricultura para que a gente possa ouvir, tra√ßar o que vamos poder ajudar. Montamos um comit√™ de acompanhamento sobre a estiagem e vamos trazer o que o Governo [Federal] pode fazer em conjunto para ajudar a produ√ß√£o brasileira", disse a ministra.

A √ļltima estimativa de perda agr√≠cola em Santa Catarina com a seca nas regi√Ķes mais atingidas é de receita superior a R$ 1,5 bilh√£o. Sem a√ß√Ķes imediatas previstas, Tereza Cristina pretende levar a Bras√≠lia um diagnóstico da situa√ß√£o para elaborar solu√ß√Ķes conjuntas com estados e munic√≠pios.

Também foi realizado um encontro entre as autoridades presentes, estavam o governador Carlos Moisés, a vice-governadora Daniela Reinehr, os senadores Esperidi√£o Amin e Jorginho Mello, e o secret√°rio de Agricultura, Altair Silva. Dezenas de parlamentares, prefeitos e lideran√ßas do agronegócio também acompanharam o evento realizado no Centro de Eventos Pl√≠nio de Nes.

A visita a Chapecó faz parte de uma agenda de viagens a regi√Ķes afetadas pela estiagem. Durante a manh√£ de quarta, ela esteve em Santo √āngelo, no Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira (13), a ministra deve visitar cidades do Paran√° e do Mato Grosso do Sul.

O secret√°rio de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, Altair Silva, também esteve no encontro com a ministra.

"A ministra pôde ouvir e receber pautas da nossa entidade. Avan√ßamos com ela em pontos interessantes. Um deles a quest√£o do Pró agro", avaliou o secret√°rio.

No encontro, o governo estadual divulgou as a√ß√Ķes sobre o investimento de ao menos R$ 350 milh√Ķes até o fim do próximo ano em medidas de resili√™ncia h√≠drica. Neste ano, o programa" SC Mais Solo e Água" destinar√° R$ 150 milh√Ķes aos produtores rurais, subsidiando a instala√ß√£o de cisternas, po√ßos artesianos, entre outras medidas.

De forma emergencial a pasta est√° reconhecendo os decretos de emerg√™ncia dos munic√≠pios e liberando as lavouras o Programa de Garantia da Atividade Agropecu√°ria (Proagro), que garante a exonera√ß√£o de obriga√ß√Ķes financeiras relativas a opera√ß√£o de crédito rural de custeio, em que a liquida√ß√£o seja dificultada pela ocorr√™ncia de fenômenos naturais, pragas e doen√ßas que atinjam rebanhos e planta√ß√Ķes, na forma estabelecida pelo Conselho Monet√°rio Nacional.

Estiagem

Ao menos 18 esta√ß√Ķes hidrológicas de Santa Catarina est√£o em situa√ß√£o de alerta ou emerg√™ncia, segundo os dados do boletim da Epagri/Ciram, que faz o acompanhamento nas bacias e complexos do estado, divulgados na manh√£ destas quinta-feira (13).

Em situa√ß√£o de emerg√™ncia est√£o esta√ß√Ķes nos munic√≠pios de Guaraciaba, Monda√≠, Romel√Ęndia, Curitibanos, Canoinhas, Alfredo Wagner, Chapad√£o do Lageado, S√£o Jo√£o Batista, Coronel Freitas, Pinhalzinho, Saudades, S√£o Carlos, Joa√ßaba, Concórdia e Itapiranga.

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90
AL- Vacina que volta