AL- SOS Mulher

Ministra Damares Alves está com Covid e cumpre isolamento, diz assessoria

Por Redação em 12/01/2022 às 17:28:25
Damares tomou duas doses da vacina da Pfizer e apresenta 'sintomas leves', segundo o ministério. Em rede social, ministra afirmou que filha, Lulu, também tem Covid e está 'bem'.


O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos informou nesta quarta-feira (12) que a chefe da pasta, ministra Damares Alves, foi diagnosticada com Covid.

Segundo a nota divulgada pelo ministério, a confirmação do diagnóstico ocorreu na última segunda (10), após Damares apresentar "sintomas leves".

"Ela passa bem e encontra-se em isolamento desde a última semana", afirma o texto. Segundo a pasta, é a primeira vez que Damares contrai o vírus.

O ministro também informou que Damares Alves já recebeu duas doses da vacina da Pfizer contra a Covid e "fará novo teste de detecção do vírus depois de cumprir quarentena".

Em uma rede social, Damares confirmou o diagnóstico e disse que a filha, Lulu, também testou positivo e está "bem".

"Comecei a sentir os primeiros sintomas na sexta-feira e desde então estou isolada, mas continuo aqui trabalhando de forma remota", escreveu a ministra.

Isolamento menor

Na última segunda, o Ministério da Saúde anunciou uma redução no período de isolamento para pessoas com o vírus.

Em casos leves e moderados da infecção pelo coronavírus, o isolamento poderá ser abandonado no sétimo dia contado a partir do início dos sintomas.

O critério é que o paciente não apresente sintomas respiratórios e febre há pelo menos 24 horas, nem faça uso de antitérmicos. Veja abaixo a nova orientação:

cinco dias: se ao 5º dia o paciente não tiver sintomas respiratórios e febre por um período de 24 horas, sem uso de antitérmico, ele pode fazer o teste (antígeno ou PCR). Se for negativo, ele pode sair do isolamento. Caso o paciente assintomático apresente teste positivo no 5º dia, deverá manter o isolamento até o 10º dia.

sete dias: Se ao 7º dia o paciente estiver assintomático, ele está liberado do isolamento, sem necessidade de fazer o teste. Se o paciente continuar com sintomas respiratórios ou febre, ele pode fazer o teste (PCR ou antígeno). Caso dê negativo, pode sair do isolamento. Se der positivo, deve ficar resguardado até 10 dias e só sair quando não tiver mais sintomas.

dez dias: se o paciente estiver sem sintomas respiratórios dez dias após o começo dos sintomas da Covid, não é necessário fazer o teste e o paciente pode sair do isolamento.

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90
AL- Vacina que volta