AL- Vacina que volta

Crescimento de construções e perda de vegetação criam ilhas de calor com diferença de até 10ºC em Cuiabá

Por Redação em 24/11/2021 às 14:57:57
Cuiabá é uma das cidades mais quentes do Brasil

Cuiabá é uma das cidades mais quentes do Brasil

Previsão consta em estudo desenvolvido por pesquisadores da UFMT.


A grande quantidade de construções e ausência de vegetação são responsáveis pelo surgimento de ilhas de calor espalhadas em Cuiabá. Entre uma região e outra é possível encontrar a diferença de até 10ºC. As informações são de um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Entre outros pontos, a pesquisa constatou que na região central da Capital, por exemplo, a temperatura pode ser até 6ºC maior se comparada ao entorno do Parque Mãe Bonifácia. A grande quantidade de árvores na região justifica o surgimento dessa ilha de calor.

Com o crescimento da cidade, as casas e apartamentos estão cada vez menores, perdendo os tradicionais quintais cuiabanos repletos de árvores e plantas. Como consequência, a substituição de vegetação por concreto está cada vez mais evidente.


Vista panorâmica de Cuiabá — Foto: Assessoria
Vista panorâmica de Cuiabá


O professor de geografia da UFMT e orientador da pesquisa, José Carlos Ugeda, ressaltou a necessidade de que projetos de construção considerem o clima de Cuiabá como algo que impacta diretamente a vida dos moradores.

"A primeira ação é pensar em um sistema de vegetação, assim como quando planejamos um bairro pensamos na galeria de distribuição de água, na infraestrutura de vias públicas ou fornecimento de energia".

O doutorando em geografia Hugo Ferreira, que participou da execução do trabalho, explicou que dados de vários períodos de Cuiabá foram levados em consideração.

"Por utilizar dados de várias décadas da cidade, conseguimos analisar esse perfil que é nada mais que o retrato do momento atual da cidade".

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90