Polícia investiga 3 moradores que tomaram mais de uma vacina contra a Covid-19 de marcas diferentes em Cuiabá

Por Redação em 14/09/2021 às 13:35:52
Prefeitura identificou possível fraude em novos cadastros e comunicou à polícia. Suspeitos foram identificados e serão ouvidos nos próximos dias.

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor de Cuiabá (Decon) abriu investigação para apurar suspeitas de pessoas teriam se cadastrado duas vezes para tomar vacinas de fabricantes diferentes na campanha de vacinação contra a Covid-19, em Cuiabá.

As investigações têm como alvo duas mulheres e um homem que teriam realizado novo cadastro para a vacinação, mesmo depois de já terem sido imunizados, e que tomaram vacinas de duas marcas distintas.

Os procedimentos para apurar os fatos foram abertos após a Prefeitura de Cuiabá encaminhar documentos indicando que pessoas que foram imunizadas com as vacinas Coronavac e Janssen, fizeram um novo cadastro no site da campanha de vacinação e tomaram uma ou até as duas doses da vacina da Pfizer.

Os suspeitos serão ouvidos na Decon nos próximos dias e, durante os procedimentos, também serão analisados os documentos que forem entregues por eles e pelos órgãos públicos.

De acordo com o delegado da Decon, Rogério Ferreira, se comprovada a inserção de dados falsos no site disponibilizado pela Prefeitura de Cuiabá, os suspeitos podem responder por crime contra a saúde pública e por falsidade ideológica, com penas que somadas podem chegar aos seis anos de prisão e multa.

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90