AL- SOS Mulher

Kassab diz que Bolsonaro se colocou numa 'sinuca de bico' e que presidente cometerá crime se 'avançar o sinal'

Por Redação em 08/09/2021 às 13:11:54
O presidente do PSD, Gilberto Kassab, afirmou nesta quarta-feira (8) que o presidente Jair Bolsonaro se colocou numa "sinuca de bico" com as manifestações antidemocráticas desta terça (7). Kassab afirmou também que Bolsonaro vai incorrer em crime de responsabilidade se "avançar o sinal".

Bolsonaro participou de atos em Brasília e em São Paulo. A apoiadores, ele fez discursos contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e de caráter golpista. As falas de Bolsonaro geraram reações contrárias dentro das instituições. Lideranças do Congresso repudiaram os ataques à democracia e, para esta quarta, está prevista uma resposta firme do presidente do STF, ministro Luiz Fux.

Para Kassab, as manifestações de terça se tornaram uma armadilha na qual o próprio presidente se colocou. Isso porque, segundo Kassab, se o presidente seguir adiante no tom empregado nos discursos, vai incorrer em crime de responsabilidade, por ameaça à democracia, e deverá sofrer impeachment. Por outro lado, diz o presidente do PSD, se Bolsonaro se detiver, vai se desmoralizar com a sua base.

Kassab ressalta que seria "triste" se Bolsonaro avançasse no ataque à democracia.

"As manifestações ontem [terça], elas não foram aquilo que todos diziam que seria. Três, quatro milhões nas ruas. Mostra que o governo caiu numa armadilha. Porque se ele, presidente, for em frente na conduta compatível com as suas manifestações, ele vai ter problemas com o Congresso e com o processo de impeachment", afirmou Kassab.

"Se ele não avançar, ele, evidentemente, vai ficar desmoralizado nas suas bases, que são bases bastante radicais que o estimulam a ir para o conflito. Então, ele está numa sinuca de bico, com se diz no jogo de bilhar", completou o presidente do PSD.

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90
AL- Vacina que volta