Sentimentos- Respeito a sua dor

Emanuel não vai ao encontro do MDB e se distancia de líderes

Por Redação em 19/07/2021 às 20:11:38

Sem a presença do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), lideranças estaduais do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) reforçaram o apoio à eventual reeleição do governador Mauro Mendes (DEM) durante a reunião com prefeitos e vereadores e autoridades políticas na Pousada Penhasco, em Chapada dos Guimarães nesta segunda-feira (19).

Além de aproximar as autoridades da legenda com o Executivo Estadual, o encontro também o visou o fortalecimento do grupo para as eleições 2022. Ao discursar para seus correligionários, o presidente estadual da legenda, deputado Carlos Bezerra, reiterou sua simpatia à gestão estadual.

Bezerra também disse à imprensa que o partido está preparado politicamente. "Estamos prontos para qualquer embate e essa reunião visa dar um preparo para o partido e aos prefeitos novos, com pouco vivência. Vamos fazer política com qualidade", disse Bezerra.

Membro da base de sustentação do governo na Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva, reforçou que o apoio ao democrata é o caminho natural a ser seguido pela legenda em 2022. Apesar do posicionamento não agradar o prefeito da capital, a parlamentar colocou que a legenda ainda não enxerga outra opção a não ser caminhar junto com Mauro Mendes.

"O natural é manter o apoio até o ano que vem. No cenário ainda não há uma candidatura que tenha buscado o partido para conversar. Hoje o partido só trabalha com essa pré-candidatura do Mauro", expressou.

O governador, que também esteve no evento, evitou novamente comentar sobre uma possível reeleição. O chefe do Executivo, contudo, recordou que o MDB esteve no arco de aliança que o conduziu ao Palácio Paiaguás em 2018 e que apesar dos atritos busca manter um bom relacionamento com os aliados.

"Eu como governador venho aqui em respeito à aliança política que nós temos e a base de sustentação do governo na Assembleia. O MDB é um partido que me apoiou em 2018 e tem me apoiado ao longo do mandato. Isso é a manutenção de um trabalho conjunto e sempre estamos buscando ter um bom relacionamento. O próprio Bezerra disse aqui que deseja estar ao nosso lado até o final do nosso mandato e é esse o compromisso que nós temos", disse o governador.

Sem Emanuel

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não esteve no evento. Do pessoal mais próximo, o advogado Francisco Faiad negou que o encontro tenha sido movido para fortalecer o apoio ao democrata em uma eventual recandidatura de Mendes.

"Nos reunimos para discutir a situação do partido com prefeitos, deputados e outras lideranças. O governador esteve para fazer um balança da gestão, mas não foi discutida nenhuma aliança", garantiu.

Ligado ao grupo de Emanuel, o presidente da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Juca do Guaraná, também não participou do encontro.

A presença do prefeito de Cuiabá era aguardada até pelo seus discursos recentes de se se colocar na disputa ao governo. E o evento dirigido a prefeitos, vereadores, vice-prefeitos seria uma oportunidade de Emanuel apresentar sua gestão e novas propostas para Mato Grosso.

O senador Wellington Fagundes (PL) também participou do encontro do MDB. Ele busca maior aproximação com a legenda para tentar uma composição no seu projeto de reeleição.


Fonte: Gazeta Digital

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90