Sentimentos- Respeito a sua dor

Cientistas descobrem que variantes genéticas podem ser mais resistentes à Covid-19

Por Redação em 04/05/2021 às 09:17:00

Pesquisadores brasileiros estão tentando entender por que algumas pessoas são naturalmente resistentes à Covid-19. Em estudo publicado na plataforma MedRxiv (“Med-archive”), cientistas da USP, Unesp e do Grupo Fleury identificaram alguns genes do sistema imune humano que podem ajudar a entender esse mecanismo. Para isso, foram comparados 87 casais em que um desenvolveu a doença e o outro não. Os resultados sugerem que as variantes genéticas encontradas com maior frequência nos parceiros resistentes estariam associadas à ativação mais eficiente de células de defesa conhecidas como exterminadoras naturais, como explica o diretor do laboratório de Imunologia do InCor e pesquisador da USP, Jorge Kalil. “Nós fomos estudar por meio do sequenciamento do genoma das áreas que tem genes da resposta imune. A gente viu que existe muita concentração ali, que os que pegaram a doença têm um padrão genético e os que não pegaram têm outro padrão genético.”

O imunologista afirma que os genes resistentes são hereditários, o que explicaria algumas famílias serem devastadas pelo vírus enquanto outras contraírem a doença de forma mais branda. Jorge Kalil destaca que, após concluído, o estudo pode ajudar no combate ao coronavírus. “As pessoas já podem ver se elas têm maior suscetividade, se cuidarem ainda mais. Esses genes podem ser alvos terapêuticos, podemos ver como interferir com uma droga que atue nesse gene que é importante, depois vamos ver se tem de alguma forma, quando fizer as vacinas, se vamos ter que atuar para que isso aumente a eficácia. Tem uma série de aplicações possíveis”, disse. De acordo com o pesquisador, agora, serão necessários estudos em laboratório para validar os achados do modelo matemático.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini

Fonte: JP

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90