Sentimentos- Respeito a sua dor

Bolsonaro escala Onyx Lorenzoni para cuidar da CPI da Covid

Por Redação em 03/05/2021 às 15:15:30
O presidente Jair Bolsonaro definiu o papel de sua equipe na estratégia de negocia√ß√Ķes e enfrentamento da Comiss√£o Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. A rela√ß√£o direta com os senadores da comiss√£o ser√° feita pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni.

A CPI da Covid foi criada para apurar a√ß√Ķes e omiss√Ķes do governo federal e eventuais desvios de verbas federais enviadas aos estados para o enfrentamento da pandemia. A Comiss√£o foi instalada nesta ter√ßa-feira (27) no Senado Federal e nos primeiros dias de trabalho aprovou mais de 300 requerimentos, entre eles, convoca√ß√Ķes de testemunhas e pedidos de documenta√ß√£o de órg√£os do governo.

VÍDEO: CPI da Covid aprova convoca√ß√£o de Marcelo Queiroga e ex-ministros da Saúde do governo Bolsonaro

O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, ficou com o trabalho de levantamento de dados, confec√ß√£o de relatórios e treinamento de ministros que forem convocados.

J√° a ministra da Secretaria de Governo, Fl√°via Arruda, seguir√° cuidando da articula√ß√£o política, mas focada na agenda legislativa e no atendimento de pedidos de parlamentares da base aliada, na busca de mostrar que a pauta do governo n√£o est√° paralisada no Congresso Nacional. No foco, as reformas tribut√°ria e administrativa.

Onyx Lorenzoni foi escolhido por ter experiência, como deputado federal, na participa√ß√£o em CPIs e ter atuado na elei√ß√£o de Davi Alcolumbre para presidência do Senado Federal, tendo proximidade com alguns senadores. Pesa contra ele, porém, ter os canais obstruídos com alguns senadores emedebistas, principalmente Renan Calheiros, por tê-lo derrotado na disputa pelo comando do Senado.

A Casa Civil de Luiz Eduardo Ramos seguir√° fazendo o trabalho de coordenar os ministérios para que eles levantem dados para municiar os senadores governistas na CPI da Covid. Nos últimos dias, a equipe de Ramos est√° treinando o ex-ministro Eduardo Pazuello, o depoimento considerado mais delicado para o Pal√°cio do Planalto nesta semana.

Na divis√£o de tarefas, Fl√°via Arruda, que assumiu recentemente a articula√ß√£o política do presidente Bolsonaro, seguir√° com sua miss√£o principal de fazer as negocia√ß√Ķes com a base aliada do Pal√°cio do Planalto, focada na vota√ß√£o de projetos de interesses do governo no Legislativo.

O governo est√° preocupado em mostrar que sua agenda no Congresso n√£o ficar√° paralisada com o funcionamento da CPI da Covid no Senado. Para isso, conta com o apoio do presidente da C√Ęmara, Arthur Lira, a quem Fl√°via Arruda é ligada, para vota√ß√£o, por exemplo, das reformas tribut√°ria e administrativa.

VÍDEOS: notícias sobre política

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
AL- Fake News - Vacinas
InfoJud 728x90