Agro Noticia 728x90

Manaus foi a segunda capital que menos recebeu repasses federais em 2020

Por Redação em 16/01/2021 às 20:29:37
Capital do Amazonas, que enfrenta colapso na saúde devido à alta nos casos de Covid-19, recebeu R$ 1.063,26 por habitante, valor que fica acima apenas da cidade do Rio de Janeiro. Manaus foi a segunda capital que menos recebeu recursos federais por habitante em 2020

A cidade de Manaus (AM), que enfrenta um colapso do sistema de saúde devido à disparada no número de casos de Covid-19, foi a segunda entre as 27 capitais do país que menos recebeu recursos federais por habitante em 2020.

A capital do Amazonas recebeu R$ 2,36 bilhões no ano passado, o que equivale a um valor médio de R$ 1.063,26. Esse valor só não é mais baixo que o da cidade do Rio de Janeiro, que recebeu o equivalente a R$ 946 por habitante em 2020.

No topo aparecem Vitória (R$ 4.017 por habitante), Palmas (R$ 4.015) e Porto Alegre (R$ 3.473). Os valores consideram todos os repasses federais, inclusive verba para ações de combate à pandemia.

Mais cedo neste sábado (16), o presidente Jair Bolsonaro havia informado o total dos repasses a Manaus por meio de uma rede social. O presidente vem recebendo críticas pelo colapso no sistema de saúde na capital do Amazonas, que enfrenta falta de oxigênio para tratamento dos pacientes de Covid.

Na sexta (15), a apoiadores, Bolsonaro afirmou que o governo federal vem fazendo a sua parte no auxílio a Manaus.

"Problemas. A gente está sempre fazendo o que tem que fazer. Problema em Manaus. Terrível, o problema em Manaus. Agora, agora, nós fizemos a nossa parte. Recursos, meios. Hoje, as Forças Armadas 'deslocou' para lá um hospital de campanha. O ministro da Saúde esteve lá segunda-feira e providenciou oxigênio", afirmou o presidente na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro diz que governo "fez a parte dele" sobre situação crítica de Manaus

Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) carregados de oxigênio continuam seguindo para o Amazonas. Um deles saiu neste sábado de Recife com 4 toneladas e meia de material hospitalar.

De Guarulhos (SP) partiu um cargueiro levando para Manaus duas usinas geradoras de oxigênio e outro com cinco tanques de oxigênio líquido. Desde quinta, quando explodiu a crise de abastecimento, já chegaram 36 tanques à cidade.

Vídeos: assista a reportagens sobre a vacina contra a Covid-19

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90