Agro Noticia 728x90

Caso de PMs do Rio presos por suspeita de sequestro de família em BH será investigado em Juiz de Fora

Por Redação em 26/10/2020 às 09:30:40
Suspeitos foram levados para Niterói. Vítimas, uma mulher e duas crianças, foram liberadas após cerco na BR-040. Suspeita é de vingança envolvendo responsável por esquema de pirâmide na capital fluminense. Três policiais militares do Rio de Janeiro, que foram presos em Juiz de Fora por suspeita de sequestrarem uma família de Belo Horizonte, foram transferidos e estão acautelados em Niterói nesta segunda-feira (26).

Os policiais, com idades entre 36 e 42 anos, foram presos na madrugada deste domingo (25) pela PM de Juiz de Fora na BR-040, com outros cinco homens. Os militares detidos estavam em uma caminhonete junto com as vítimas do sequestro, uma mulher e duas crianças de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Civil, o caso já foi encaminhado para a Justiça, que vai analisar o pedido de prisão. O crime será investigado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos de Juiz de Fora

Os outros cinco homens envolvidos foram ouvidos na delegacia de Juiz de Fora no domingo (25) e depois foram liberados.

Entenda o caso

De acordo com o boletim de ocorrência, oito homens saíram do Rio de Janeiro e foram até Belo Horizonte para se vingar de um homem que também é morador da capital fluminense e havia dado um prejuízo milionário a várias pessoas em um sistema de pirâmide financeira.

A mulher do responsável pelo esquema contou aos policiais de MG que a família estava hospedada em um hotel em Belo Horizonte desde quinta-feira (22). A família, segundo ela, estava fugindo de ameaças.

De acordo com a PM, os sequestradores chegaram no hotel e obrigaram a mulher e as filhas deste homem, de 5 e 8 anos, a entrarem na caminhonete e disseram que "só liberariam as vítimas quando ele pagasse todo o prejuízo".

As vítimas foram resgatadas 4h30 após o sequestro, que ocorreu na noite de sábado (24), e os policiais se entregaram. Segundo o boletim de ocorrência, eles informaram que estavam levando as vítimas para o Rio de Janeiro, como forma de protegê-las, já que muita gente estaria revoltada com o marido e pai das crianças por causa do golpe.

Os dois policiais e um outro homem que estava com eles foram presos. A Polícia Militar encontrou o restante do grupo na cidade de Barbacena, região do Campo das Vertentes.

As polícias civil e militar do Rio de Janeiro foram chamadas para acompanhar o caso. Por nota, a PM do Rio confirmou que está acompanhando o caso que envolve os agentes. Disse ainda que abriu um procedimento administrativo e que não compactua com os desvios de conduta.

Vídeos: veja os mais assistidos do G1 MG nos últimos 7 dias

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90