Agro Noticia 728x90

Bolsonaro pode ser obrigado pelo STF a comprar vacina chinesa, avaliam assessores presidenciais

Por Redação em 22/10/2020 às 11:25:56
Na guerra da vacina, a própria equipe do presidente Jair Bolsonaro avalia que ele tem mais a perder do que a ganhar. Segundo assessores presidenciais, se Bolsonaro insistir no veto à vacina desenvolvida na China, o governo vai acabar sendo obrigado a compr√°-las pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em nome dos interesses da saúde da popula√ß√£o brasileira.

Um assessor presidencial disse ao blog que, se a vacina chinesa a ser produzida pelo Instituto Butantan for aprovada pela Anvisa, o STF, provocado por governadores ou outras entidades, vai acabar determinando que a Uni√£o compre as doses da Coronavac, na hipótese de o presidente da República manter sua decis√£o de agora, de n√£o adquirir o produto desenvolvido pela China.

Na avalia√ß√£o de assessores presidenciais, o STF pode até decidir que a vacina√ß√£o n√£o é obrigatória, mas que é um direito da popula√ß√£o que deseja se vacinar. Aí, segundo esses auxiliares, o Supremo, provocado, vai acabar decidindo que o governo tem a obriga√ß√£o de oferecer a vacina no seu plano nacional de imuniza√ß√£o.

Parlamentares reagem à decis√£o de Bolsonaro de suspender compra da vacina chinesa

O PDT j√° entrou no STF para transferir a Estados e municípios o poder para decidir se a vacina√ß√£o é obrigatória ou n√£o. Mas um recurso sobre a compra de uma vacina só deve ser analisado pelo Supremo quando houver o registro da Anvisa, tornando ela liberada para uso no país.

Para a equipe de Bolsonaro, a guerra política da vacina chinesa só vai gerar desgaste para o presidente, porque ele agrada a seus apoiadores, uma minoria, e desagrada a maioria da popula√ß√£o. Ministros acreditam, porém, que Bolsonaro vai, com o tempo, mudar de posi√ß√£o, o que aconteceria depois de a vacina ser aprovada.

A senha, segundo um assessor, j√° foi dada pelo próprio chefe. Em entrevista, na qual insistiu no veto à compra de vacinas da China, Bolsonaro disse que "essa quest√£o vai ser resolvida com o tempo". Essa é a aposta da equipe presidencial para por um fim nesta polêmica.

Fonte: G1

Comunicar erro
Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90