Agro Noticia 728x90

Pesquisa epidemiológica da Covid-19 será prorrogada em Mato Grosso

Entre os 10 municípios que participam da pesquisa, Juína e Tangará da Serra já alcançaram mais de 80% da meta prevista; Cuiabá e Rondonópolis ocupam o último lugar, com 0% de alcance

Por Redação em 23/09/2020 às 09:15:44

A pesquisa soroepidemiológica do Governo de Mato Grosso, que tem o objetivo de monitorar a infecção pela Covid-19 no Estado, será prorrogada até o dia 30 de setembro. A coleta de dados estava prevista para terminar nesta quarta-feira (23.09), mas o término precisou ser adiado para que os municípios consigam alcançar a meta estabelecida.

Dos 10 municípios que participam da pesquisa, Juína e Tangará da Serra já alcançaram mais de 80% da meta prevista; Cuiabá e Rondonópolis ocupam o último lugar, com 0% de alcance.

Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), o município de Água Boa já está com 50% dos trabalhos realizados, seguido de Barra do Garças (40%), Várzea Grande (30%), Alta Floresta (30%), Cáceres (20%) e Sinop (10%). A redação final dos resultados deve ser divulgada em outubro, após alinhamento com os municípios.

O trabalho é coordenado pela equipe técnica da SES, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e conta com o apoio dos Escritórios Regionais e Secretarias Municipais de Saúde dos municípios envolvidos no estudo.

A metodologia utilizada é estratégia quantitativa e transversal. A realização do exame é por meio de teste de sangue. As análises são feitas exclusivamente pelo o Laboratório Central do Estado (Lacen); já as coletas são feitas por agentes de saúde, por meio das Secretarias Municipais.

Os municípios selecionados terão amostras coletadas de 250 a 700 pessoas, de acordo com o número populacional. O setor censitário testado será sorteado, bem como a casa e o morador do domicílio.



Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90