Agro Noticia 728x90

Governo de Mato Grosso conserta o Estado em 1 ano e 9 meses

Estado agora tem as contas equilibradas, pagamentos em dia e centenas de obras em andamento

Por Redação em 15/09/2020 às 08:08:54

Em pouco mais de 1 ano e 9 meses, o Governo de Mato Grosso conseguiu consertar o Estado, que agora possui as finan√ßas equilibradas, pagamento dos servidores em dia e centenas de obras em andamento em todas as regi√Ķes.

Em janeiro de 2019, a atual gest√£o comandada pelo governador Mauro Mendes encontrou o Estado quebrado. Sal√°rios atrasados, viaturas sendo recolhidas por falta de pagamento de loca√ß√£o e combustível, UTIs sendo fechadas e centenas de obras paradas. Além de dívidas de restos a pagar na ordem de R$ 4 bilh√Ķes.

Com a miss√£o de consertar o Estado e com o auxílio da Assembleia Legislativa, o Governo de Mato Grosso promoveu a reforma administrativa, enxugando as secretarias de 25 para 16. Despesas foram cortadas, contratos e dívidas banc√°rias foram renegociados e mais de 4 mil cargos foram extintos.

Com as medidas adotadas, hoje o Governo j√° reduziu em mais de sete pontos percentuais o custeio das despesas de pessoal, saindo de 57,89%, em 2018, para 50,71%, considerando os 4 primeiros meses de 2020.

O sal√°rio dos servidores passou a ser pago rigorosamente em dia e os fornecedores passaram a receber os pagamentos de forma regular.

"Somente em 2019, o Estado teve as despesas reduzidas em R$ 1,03 bilh√£o, conforme o relatório da Controladoria Geral. E pela primeira vez em quatro anos, as contas fecharam no azul, ou seja, o Governo do Estado gastou menos do que arrecadou", relatou o governador Mauro Mendes.

Combate à Covid-19

Mendes explicou que, com as contas em ordem, foi possível enfrentar e realizar muitas a√ß√Ķes para reduzir o impacto da pandemia do coronavírus na vida dos mato-grossenses, como a prorroga√ß√£o do IPVA para toda a popula√ß√£o e do ICMS aos pequenos empreendedores.

"Também foi concedida isen√ß√£o de ICMS na energia elétrica para quem se enquadrava na baixa renda e distribuídas cerca de 330 mil cestas b√°sicas e milhares de cobertores às famílias com maior vulnerabilidade social, por meio do programa Vem Ser Mais Solid√°rio, encabe√ßado voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes", pontuou.

Para enfrentar a Covid-19, o Governo de Mato Grosso também ampliou o Hospital Metropolitano, em V√°rzea Grande, em menos de 45 dias, um tempo recorde para o Brasil. Foram construídos 210 novos leitos definitivos, que custaram muito menos que um hospital de campanha.

"Abrimos 163 novas UTIs nas unidades hospitalares do Estado, além de outras 137 em parceria com os municípios, custeando as di√°rias e também comprando equipamentos, como respiradores. Abrimos o Centro de Triagem Covid-19 na Arena Pantanal, que oferece testagem, consulta, medicamentos e até tomografia, se necess√°rio. Distribuímos 300 mil testes r√°pidos aos municípios e investimos R$ 8 milh√Ķes no tratamento precoce", elencou o governador, ressaltando que os testes foram adquiridos por um pre√ßo até 11 vezes menor do que a média de aquisi√ß√£o dos outros estados.

Obras por todo lado

A meta de fazer a Saúde funcionar também avan√ßou nesse período. O governador registrou que h√° obras em andamento para ampliar e modernizar os Hospitais Regionais de Sorriso, Sinop e Rondonópolis.

"Reabrimos a Santa Casa, que agora é o Hospital Estadual Santa Casa, uma estrutura moderna e que tem atendido com excel√™ncia a alta complexidade. Recentemente também ampliamos o Hospital Regional de C√°ceres, com 30 novos leitos que ficar√£o de forma definitiva atendendo toda a regi√£o oeste e implantamos 10 leitos de UTIs em Alta Floresta", acrescentou.




Conforme Mauro Mendes, na Infraestrutura h√° centenas de obras em andamento que contemplam todas as regi√Ķes de Mato Grosso. Muitas delas eram aguardadas h√° décadas pela popula√ß√£o local, como a ZPE de C√°ceres e o encabe√ßamento das pontes da Estrada do Mat√£o, em Pontes e Lacerda.

O governador ainda fez quest√£o de lembrar o início e a conclus√£o de obras importantes para o Estado como a recupera√ß√£o de 16km do anel vi√°rio em Rondonópolis, a finaliza√ß√£o da obra de asfaltamento entre Guiratinga a Tesouro, o Coxipó do Ouro, a MT-010, a recupera√ß√£o da rodovia que liga Jangada a Barra do Bugres, entre tantas outras obras no Estado.

As obras também contemplam as √°reas da Educa√ß√£o, com R$ 150 milh√Ķes investidos em reformas, amplia√ß√Ķes e constru√ß√Ķes de novas escolas. Outros R$ 54 milh√Ķes est√£o sendo aplicados para estruturar a Seguran√ßa Pública. Inclusive, o atual governo retomou e finalizou a obra da maior penitenci√°ria de Mato Grosso, a Penitenci√°ria de V√°rzea Grande, que foi iniciada em 2008.

Esse canteiro de obras promovido pelo Governo do Estado j√° gerou mais de 5 mil empregos diretos e outros milhares de indiretos, contribuindo para que Mato Grosso figure em 1¬ļ lugar como o estado com maior saldo positivo de gera√ß√£o de empregos no primeiro semestre de 2020.

"Com trabalho e seriedade, consertamos nosso Estado. E os resultados j√° est√£o aparecendo. Queremos mais e Mato Grosso pode mais. De agora em diante, tem muito mais para acontecer", concluiu o governador.



Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90