MT realiza o maior pacote de infraestrutura do Brasil

Corpo de advogado baleado em frente a escritório é sepultado em Cuiabá

Por Redação em 07/07/2024 às 12:05:44

O corpo de Renato Gomes Nery, de 72 anos, advogado que morreu em decorrência dos tiros sofridos em frente ao escritório em que trabalhava, na última sexta-feira (5), foi sepultado em Cuiabá, na manhã deste domingo (7). Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens.

O corpo foi sepultado no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá. No sábado (6), o advogado foi velado, na Capela Santa Rita, às 18h, em Cuiabá.

Renato foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e conselheiro Federal da OAB, na gestão 1989 – 1991. Recebeu homenagem em 2023, quando o órgão completou 90 anos de fundação.

Após deixar a presidência, o advogado continuou atuando como conselheiro federal e acompanhava as discussões da criação do Conselho Nacional de Justiça, junto ao Conselho Federal da OAB.

No sábado (6), a OAB-MT declarou luto oficial de três dias pela morte do advogado.

Advogado é baleado em frente a escritório de Cuiabá

Renato foi baleado quando chegava no escritório dele. Segundo a Polícia Civil, o atirador já estava esperando pelo advogado e, após atirar, fugiu do local em uma moto. Uma câmera de segurança registrou o momento em que Renato caminha até a porta do escritório, é atingido pelos disparos e cai no chão.

Ainda não se sabe quem é o autor do crime. O delegado disse que a perícia está colhendo informações no escritório da vítima e analisando imagens para tentar identificar o atirador. O celular de Renato também foi apreendido.

"É um caso de execução. Esse executor já estava esperando a vítima. Ele [advogado] sai do carro e quando chega próximo ao escritório é atingido", disse o delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP), Bruno Abreu Magalhães.

Em nota, a Associação Nacional da Advocacia Criminal (Anacrim) lamentou a morte do advogado. "Dr. Renato dedicou sua vida à advocacia e à defesa dos direitos dos cidadãos. Sua liderança, integridade e comprometimento com a justiça deixam um legado inestimável para advocacia mato-grossense e nacional".

A OAB-MT informou que está em contato com a Segurança Pública, acompanhando os primeiros procedimentos do caso, e que "aguarda imediata resposta das autoridades competentes".

"Não podemos e não iremos tolerar qualquer ataque, atentado ou violência contra a advocacia", disse a presidente da OAB-MT, Gisela Cardoso.

Fonte: G1

Comunicar erro
Radio Jornal de Caceres
InfoJud 728x90
Combate a dengue 2023
Garotas de programa Goiania