conecte-se conosco


Esportes

Willian Bigode é o jogador da Série A que mais atuou em 2018: “Significativo”

Publicado

Vivendo mais um excelente ano com a camisa do Palmeiras , o atacante Willian Bigode é um dos responsáveis pelos ótimos números da equipe na temporada e no Campeonato Brasileiro, onde o alviverde está no topo da tabela de classificação, com 66 pontos, e cada vez mais próximo do título.

Leia também: Autor de assassinato de Daniel pode ter envolvimento com o tráfico de drogas


Willian Bigode é o jogador da Série A que mais entrou em campo nesta temporada, ao lado de Zé Rafael, do Bahia
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Willian Bigode é o jogador da Série A que mais entrou em campo nesta temporada, ao lado de Zé Rafael, do Bahia

Peça fundamental do time não somente pelos gols, mas por sua dedicação e versatilidade, Willian Bigode tem uma importância tão grande, que, em 2018, é o jogador com mais atuações pelo escreve verde e branco: 63 em 71 jogos, o que representa ter participado de 88% das partidas.

Esse número se torna ainda mais impressionante se comparado aos outros clubes do Brasileirão. Com 63 jogos, o camisa 29 disputou mais duelos do que 13 equipes que estão na Série A em 2018: Flamengo (62), Santos (62), Atlético-MG (62), Vasco (61), Vitória (61), Fluminense (61), Chapecoense (60), São Paulo (59), Botafogo (56), Internacional (51), América-MG (48), Sport (48) e Paraná (46).

Leia mais:  Aos 37, veterano Zlatan Ibrahimovic é eleito o “novato do ano” na MLS

O número citado acima compreende as partidas feitas por Willian pelo Campeonato Paulista (17), Libertadores (10), Copa do Brasil (6), Brasileiro (27) e amistosos durante a Copa do Mundo (3), fato que coloca o camisa 29 como o atleta com mais jogos na temporada dentre todos os jogadores que disputam a competição nacional, ao lado do meia Zé Rafael, do Bahia.

Leia também: Advogado de Edison Brittes, assassino de Daniel, nega sexo a três em festa

“Sabia que tinha atuado bastante neste ano, mas não tinha notado que esse número de jogos era tão significativo em relação aos clubes da Série A. Fico feliz de ver que estou sendo importante para a equipe, mas o objetivo principal é poder ganhar títulos pelo Palmeiras e espero que a gente termine o ano com a conquista do Campeonato Brasileiro”, declarou o jogador, que está se recuperando de uma lesão muscular.

“Infelizmente, a musculatura acabou acusando um pouco todo esse desgaste e tive que parar alguns dias, mas, graças a Deus, não foi nada grave e estou trabalhando firme pra poder voltar o quanto antes e ajudar os meus companheiros nessa reta final”, completou.

Leia mais:  Grêmio vence o River Plate em Buenos Aires e segue na busca do tetracampeonato

Artilheiro do Palmeiras no Brasileirão  com nove gols e segundo maior goleador do alviverde na temporada com 16 bolas na rede, o atacante ainda ostenta o fato de ter deixado a sua marca em todas as competições oficiais que disputou desde que foi contratado no início de 2017 e de ser o jogador do elenco que mais entrou em campo desde então, com 115 jogos.

Leia também: Neymar recebe bônus para cumprimentar torcida e não criticar treinadores no PSG

Oitavo maior artilheiro do Verdão no Século XXI, ao lado de Pedrinho, com 33 gols, Willian Bigode também já soma 14 assistências com a camisa alviverde.

publicidade

Esportes

Juary como você jamais viu. Futebol diferente com emoção, risos e história.

Publicado

por

Confesso para vocês que o bate papo com o ex-atacante Juary era para falar de curiosidades da bola, do que ele passou na carreira, da 1ª geração de Meninos da Vila . Mas assim que começamos a gravar o 4º episódio do Resenha Futebol Clube o significado de ” futebol diferente ” ganhou a verdadeira definição.

Leia mais: Ex-atacante Rodrigão relembra sua carreira

Juary é uma pessoa simples, tranquila, que segue carreira fora das quatro linhas como técnico (trabalhou na Itália ) e agora encara um desafio de introduzir os fundamentos do futebol pelo governo da China. Mas o olhar de Juary neste bate papo estava com um brilho de quem disputaria um clássico daqueles! E foi aí que o ” futebol diferente ” surgiu nessa conversa ( assista no vídeo acima ).

A “entrevista” foi olho no olho, sem frescuras, sem vaidades. Juary contou como chegou ao Santos e foi chocante, difícil de imaginar.  O vídeo acima revela o que o atacante sofreu para tentar jogar futebol na região que nasceu, o Rio de Janeiro, no Fluminense.

Leia mais:  Equipe sub-14 sofre acidente de ônibus em área montanhosa do Peru; sete morrem

Leia mais: “Lazaroni ainda está chateado com comentários sobre a Copa de 90”

Juary confessa que recebeu muitas lições de vida na tragetória como atleta profissional. E cada lição deixava os olhos do ex-jogador marejados, como se voltasse no tempo e vivesse tudo aquilo novamente (confira no vídeo acima) .

Até o Rei Pelé participou do amadurecimento de Juary quando ainda estava no Santos . E não foi dando toques de como “bater na bola” ou “como se posicionar”, Foi da maneira mais inusitada e dura possível. Sim, o Rei Pelé já havia parado de jogar futebol!

Leia mais: “Quando Pelé estava bravo tínhamos a certeza de gols”

Juary é ídolo no Porto de Portugal. Lá conquistou os maiores títulos da carreira, fez o gol mais importante e como prêmio também foi ídolo na Itália onde jogou também pela Inter de Milão. Da Europa ele foi surpreendido por Neymar , em 2012, quando o craque do PSG, na época atuando pelo Santos, o imitou comemorando um gol rodando na bandeirinha de escanteio.

Leia mais:  Em busca do 100º título, Roger Federer surpreende em treino para o ATP Finals

Mas não foi apenas de emoção que este episódio do Resenha Futebol Clube com Juary se desenrolou. Se futebol também é diversão vocês não podem perder e dúvido não rirem das mais incríveis histórias de bastidores. Sinceramente, era para ser apenas uma conversa de 30 minutos mas a difeinição de ” futebol diferente ” foi tão forte que esta é apenas a primeira parte. Sim! Serão dois episódios dedicados a este história contada por Juary que merece um livro e até um show em qualquer palco do Brasil. Assista e depois me fale se não merece!

Continue lendo

Esportes

Paraná rescinde contrato com jogador envolvido na morte de Daniel

Publicado

por


O Paraná publicou a rescisão do contrato de Davi, um dos suspeitos presos no
Reprodução / BID

O Paraná publicou a rescisão do contrato de Davi, um dos suspeitos presos no “Caso Daniel”

Um dos suspeitos presos pelo espancamento e morte de Daniel, ex-jogador do São Paulo, David William Vollero, de 18 anos, era jogador das categorias de base do Paraná Clube, e tentava seguir os mesmos passos da vítima.

Leia também: Caso Daniel: “Intenção era apenas mutilar e não matá-lo”, diz suspeito

Nesta terça-feira (13), porém, o clube parananese publicou a rescisão do contrato de David no Boletim Informativo Diário (BID), pouco mais de duas semanas após o corpo de Daniel ser encontrado em São José dos Pinhais.

Em seu depoimento, David admitiu ter participado do espancamento do jogador e que esteve foi de carro com Edson, Ygor King e Eduardo da Silva até o local onde Daniel foi morto e seu corpo jogado em uma área rural da cidade.


Daniel mandou fotos ao lado de Cristiana Brittes logo após gravar um áudio para amigo
Reprodução

Daniel mandou fotos ao lado de Cristiana Brittes logo após gravar um áudio para amigo

O suspeito afirmou ainda que não viu o momento da morte do jogador. Segundo ele, Edison ordenou que os três ficassem no carro, enquanto foi até o porta-malas onde estava a vítima. Tanto David quanto Ygor King, de 19 anos, afirmaram ter ouvido um barulho de sufocamento.

Leia mais:  Helicóptero do dono do Leicester cai e explode no estacionamento do estádio

Leia também: Irmã de Cristiana sobre família Brittes: “Eles sempre foram meio malucos”

Sobre sua relação com Daniel, o suspeito contou que os dois conversaram na casa da família Brittes e que “trocou umas ideias com ele sobre o ramo do futebol, devido a também ter jogado bola em times de base, mas que a conversa não passou disso”.

O garoto afirmou que é amigo de Allana Brittes desde 2012, quando se conheceram. Os dois estudaram na mesma escola e tiveram um relacionamento amoroso.

Leia também: Assassino de Daniel, Edison teria convidado o atleta a fazer sexo com sua mulher

David está preso preventivamente, assim como Edison Brittes, assassino confesso do jogador  Daniel  , a mulher Cristiana e a filha Allana. Ambas são suspeitas de presenciar o espancamento do jogador e não reagir, além de coagir testemunhas. Todos os envolvidos até agora serão acusados de homicídio qualificado (crime por motivo fútil). 

Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana