conecte-se conosco


Entretenimento

Vergonha esquecida! Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Publicado

A indústria fonográfica é muito mais ampla do que se pode imaginar. Por ela já passaram várias personalidades da mídia que ninguém espera (ou se lembra) que tenham feito um disco. Tendo isso em consideração, listamos dez famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra.


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Leia também: Deu ruim! Famosos que fizeram tatuagens e se arrependeram

Susana Vieira – “Brasil Encena”


famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Divulgação

famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

A atriz Susana Vieira já deu uma palinha durante uma participação no programa “Domingão do Faustão”, no qual cantou Per Amore , o que trouxe à tona inúmeros memes na internet. Porém, sua passagem na carreira musical não termina aí, tendo em vista seu álbum “Brasil Encena”, lançado em março de 2010, que encaixou Susana na lista de famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra .

O CD conta com alguns covers da atriz, ou melhor, cantora, e entre as faixas estão Encontros e Despedidas , que foi a abertura de “Senhora do Destino” (Novela da qual foi protagonista) e, é claro, não podia faltar: Per Amore .

Ana Maria Braga – “Sou Eu”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Divulgação

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Apresentadora do “Mais Você”, Ana Maria Braga também se aventurou na indústria fonográfica com seu álbum de estreia denominado “Sou Eu”, de 2003. O álbum ainda conta com participações especiais, como o cantor Fábio Jr. Dentre as faixas do disco constam Acorda Menina , Acorda pra Vida (Sou Mais Você) e o carro-chefe, Sou Eu .

Louro José – “Pet Hits”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Se Ana Maria Braga pode ter um disco, por que o Louro José não pode? E foi assim que surgiu “Pet Hits”, o primeiro álbum brasileiro cantado por um “papagaio”, também lançado em 2003. Junto com o disco, também foi lançada uma VHS. O álbum é distribuído entre quatorze faixas, dentre elas Louro Apaixonado, Duas Loiras e a que leva o nome do álbum, Pet Hits .

Gilberto Barros – “Me Faz um Carinho”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Divulgação

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Com uma capa que gera uma incômoda ambiguidade, o disco de 1994 do apresentador Gilberto Barros leva o nome de “Me Faz Um Carinho”. Gilberto inclusive já deu entrevistas para esclarecer as intenções por trás da capa. O garoto na capa é o filho dele, e o apresentador encheu o bolso do casaco de balas para que ele, com apenas dois anos na época, colocasse a mão onde deveria ser o coração de seu pai. Isso por causa da principal faixa do álbum, Você Já Abraçou Seu Filho Hoje? .

Celso Portiolli – “É Tempo de Alegria” e “As Mil e Uma Noites”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

O apresentador Celso Portiolli, que comanda o “Domingo Legal” desde 2009, também já experimentou soltar o gogó em não apenas um, mas dois álbuns. O primeiro, “É Tempo de Alegria” (1998), é constituído apenas por músicas românticas. Fofo, não?! O segundo disco, intitulado “As mil e Uma Noites” foi lançado um ano depois com um ar mais divertido. Isso, é claro, se um Celso Portiolli sorridente e caracterizado de árabe se enquadrar no que é tido como divertido.

Leia mais:  Mostra de Cinema de São Paulo premia filme sobre guerrilheiras socialistas

Leia também: Do pole dance ao estrelato! Confira os famosos que já foram strippers

Rodolfo & ET – “Rodolfo & ET”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

A dupla dinâmica mais bizarra da televisão brasileira, Rodolfo & ET, não poderia escapar da vergonha esquecida. Os dois lançaram um álbum cujo título é apenas o nome da própria dupla. O álbum de 1998 conta com faixas como Dança do ET  , que inclusive chegou até a ter clipe.

Roberto Justus – “Só Entre Nós”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Divulgação

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Roberto Justus , conhecido principalmente por comandar o reality show “O Aprendiz”, também não escapou de ter um álbum musical. No caso do empresário e apresentador Roberto Justus, as 12 faixas que constituem seu disco são covers de músicas americanas, como I’ve Got You Under My Skin e California Dreaming .

Silvio Santos – “Silvio Santos”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Divulgação

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

O álbum musical do dono de uma das maiores emissoras de televisão do Brasil, Silvio Santos, lançado em 1994, leva o nome do próprio empresário e apresentador e conta com 13 faixas no total, como é o caso de Eu Gosto da Minha Sogra , Samba do Corinthians e Ritmo de Festa .

Xaropinho – “Rapaaaiz”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Assim como Louro José, o  fantoche Xaropinho, do “Programa do Ratinho” também marcou presença na indústria fonográfica com seu álbum “Rapaaaiz!!”, de 1997. O disco conta com 11 faixas, como Dança do Xaropinho e Ô Louco Meu .

Leia também: Eles brilham! Veja os famosos que não fazem nada, só sucesso

Leia mais:  Elsa Hosk vai usar sutiã de R$ 4 milhões no desfile da Victoria´s Secret

Ciro Bottini – “O Melhor da Música Romântica”


Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra
Reprodução

Famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra

Outro membro do time de famosos que lançaram álbuns que ninguém se lembra é o  apresentador Ciro Bottini, notório principalmente por atuar como o vendedor oficial do canal de TV Shoptime, também decidiu experimentar a carreira na música e lançou seu álbum, “O Melhor da Música Romântica”, construído com covers de melodias românticas americanas na voz do apresentador.

publicidade

Entretenimento

Aline Jones celebra boa fase como atriz e roda filme na Argentina

Publicado

por


Aline Jones bate um papo com a coluna sobre novos projetos e boa fase como atriz
Lude Richele

Aline Jones bate um papo com a coluna sobre novos projetos e boa fase como atriz

Com sucesso em mais 50 países, a série “O Negócio” foi o maior trabalho na carreira de Aline Jones até agora, atriz que viveu a garota de programa Mia na produção da HBO, responsável por abrir as portas internacionais a ela. Atualmente, em Buenos Aires, Argentina, ela está gravando o longa “Blindado”, de Eduardo Meneghelli. Para a coluna ela pontuou que as expectativas para essa nova produção, em que viverá uma empregada da limpeza, se baseia na “construção da personagem (Selva) e o início de um trabalho com o cinema fora do Brasil”.

Leia também: Impulsionada por Silvio Santos, Claudia Leitte rivaliza com Anitta na mídia

Apesar de ter ido à Argentina em outros momentos, sendo um deles para a divulgação de “O Negócio”, essa é primeira vez que Aline Jones está gravando um filme totalmente fora do Brasil e de seu idioma nativo. Ela já havia participado da coprodução Argentina-Brasil “Happy Hour”, com suas cenas gravadas no Rio de Janeiro, segundo ela o longa, destaque no Festival do Rio 2018, trata do “preço que a gente paga por dizer a verdade”.

Já sobre “Blindado” Aline Jones adiantou: “Tem arma, tem sangue, tem morte, tudo isso acontecendo na fronteira com o Chile. É realmente um thriller argentino, com aquele roteiro que parece que alguma coisa sempre vai acontecer”.

Com experiência em série, teatro, cinema e participação na novela “Insensato Coração” (2011), ela garante: “Gosto de atuar independente do meio que esteja” e destaca achar positivo o investimento dos atores brasileiros nos streamings. [continua]

Cerco ao streaming

O ministro da Cultura da Itália, Alberto Bonisoli, assinou nesta quarta-feira (14) um decreto-lei que obriga que filmes estreiem no cinema antes de serem disponibilizados em plataformas de streaming como Netflix e Amazon Prime Video.

De acordo com Binisoli, a medida é “importante para assegurar tranquilidade a quem administra uma sala de cinema de que os filmes não estarão simultaneamente disponíveis na internet”. A decisão do governo italiano é considerada uma resposta direta as polêmicas que tomaram conta dos festivais de Cannes, em 2017, e Veneza, em 2018, que tiveram a participação de produções da Netflix.

Leia mais:  “O Sétimo Guardião” marca retorno de Luiza Tomé e Isabela Garcia à Globo

A empresa tem se mostrado mais flexível em relação a distribuição de seus filmes, mas a medida adotada pela Itália é refratária ao modelo de negócio da gigante da internet e inspira apreensão pela possibilidade de ser replicada na Europa e, em um segundo momento, em outros países do mundo.

Aposta no Streaming


Cauã Reymond em cena de Ilha de Ferro
Divulgação

Cauã Reymond em cena de Ilha de Ferro

Maior produção do Globo Play, “Ilha de Ferro” já tem os 12 episódios da primeira temporada disponibilizados para os assinantes do serviço. A trama de ação, drama e aventura gira em torno da vida de homens e mulheres que trabalham numa plataforma de petróleo em alto-mar.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall), que, assim como os demais petroleiros, vivem pelo menos duas vidas: uma na terra, outra no mar, onde passam duas semanas inteiramente confinados na PLT-137, a ilha de ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.


Sophie Charlotte e Klebber Toledo: traição
Divulgação

Sophie Charlotte e Klebber Toledo: traição

Dante é coordenador de produção da PLT-137, que é recordista de acidentes, e vê o sonho de ser promovido a gerente de plataforma ir por água abaixo com a chegada de Júlia, nova ocupante do cargo. No primeiro episódio, ao chegar em terra, o petroleiro tem de lidar com a descoberta de uma dupla traição. Sua mulher, Leona (Sophie Charlotte), com quem mantém um casamento tumultuado, revela ter um caso com Bruno (Klebber Toledo), irmão de Dante.

“Ilha de Ferro” é o investimento mais ambicioso da Globo em sua plataforma de streaming, que em 2018 também já estreou “Assédio” e as internacionais “The Good Doctor” e “Killing Eve”.

“Esse é um projeto exclusivo com atores como Cauã Reymond, Maria Casadevall, Sophie Charlotte e Klebber Toledo, dentre outros, e a equipe que desenvolveu ‘Ilha de Ferro’ é incrível. Vemos aqui a qualidade de produção Globo em uma superprodução que vai conquistar o público com muita ação e sentimentos profundos”, afirma João Mesquita, Diretor-Geral do Globoplay.

Leia mais:  Finalista do Miss Bumbum fala de transexualidade e mudança de posição política

Simplesmente Ney


Amaury Jr. e Ney Matogrosso
Divulgação

Amaury Jr. e Ney Matogrosso

Ney Matogrosso é uma das personalidades mais emblemáticas e icônicas da cena cultural brasileira. Recentemente ele lançou o livro “Vira-Lata de Raça”, em que discorre sobre questões e memórias dos 45 anos de sua carreira e detalhes de sua vida.


Lady Gaga
Divulgação/Variety

Lady Gaga

Em entrevista a Amaury Jr., que vai ao ar neste sábado (17), às 23h30, na Band, o cantor abriu o coração sobre o relacionamento com seu pai, entre outras intimidades. “Desde muito pequeno, percebia que tinha um problema com meu pai. Ele não gostava de mim e eu não gostava dele. Não tinha nada a ver com sexualidade, eu era uma criança. Eu queria ser pintor desde pequeno, meu pai não queria porque achava que artista era tudo vagabundo”

Gagaísta

As botas pretas over the knee da Schutz, modelo ‘S-Daiana’, que Lady Gaga usa na material e editorial da Variety desta semana já estão à venda no e-commerce norte-americano. Exclusivíssimas, as botas devem ser comercializadas online no Brasil, mas de maneira restritíssima.

Mais Aline Jones

Em 2014, Aline ganhou o edital Klauss Vianna da FUNARTE para dirigir e montar o espetáculo “Barbie Fuck Forever”, que segundo ela foi a sua experiência artística mais dolorosa: “Eu tinha muitos questionamentos sobre o que era beleza”, explica. Apesar da rotina corrida, Aline ainda tira tempo para cursar Ciências Sociais em São Paulo.


Aline Jones
Lude Richele

Aline Jones

Questionada sobre Mia, a quem ela chama de presente dos diretores de “O Negócio”, Michel Tikhomiroff e a Julia Jordão, Aline Jones mostrou que teve um trabalho árduo para viver uma personagem completamente diferente do seu “jeito expansivo”, que foi construída pela inspiração no ator Benedict Cumberbatch. “Foi difícil encontrar a tonalidade da seriedade dela”, afirma ela, que destaca ter finalizado a série carregando “o saldo negativo de um universo pautado em dinheiro, poder e beleza. E o positivo de poder desmitificar o sexo”.

Continue lendo

Entretenimento

Chris Pine e o tabu em torno do nu frontal masculino no cinema e na televisão

Publicado

por

O público demonstrou uma reação intensa diante de uma cena do filme ” Legítimo Rei “, produzido pela Netflix , em que o ator Chris Pine sai da água completamente sem roupas. Assim como em várias outras produções, o nu frontal masculino se faz mais uma vez envolto por tabu, diferente do modo como a nudez feminina é vista nas produções televisivas e cinematográficas.


Cena de nu frontal protagonizada por Chris Pine durante o filme
Reprodução

Cena de nu frontal protagonizada por Chris Pine durante o filme “Legítimo Rei” causou alvoroço no público

Leia também: Cada vez mais inserida na rotina da sociedade, a nudez ainda é capaz de chocar

Exibido pela primeira vez no Festival de Cinema de Toronto, o filme protagonizado por Chris Pine chocou a plateia com a cena de nudez frontal, e ainda que tenha sido construída para transmitir naturalidade, a nudez de Pine em “Legítimo Rei” acabou se tornando um verdadeiro evento memorável e comentado.

Isso não acontece quando cenas de nudez são protagonizadas por mulheres, tendo em mente que já não é mais algo tão inusitado. Atrizes ficam nuas com frequência nos filmes e nas séries, então o público já não se permite surpreender quando isso acontece. Alguns longa-metragens usam a nudez feminina inclusive para aumentar a popularidade da produção e conquistar mais público, o que acaba gerando até cenas em que isso simplesmente não é necessário.

Leia mais:  Elsa Hosk vai usar sutiã de R$ 4 milhões no desfile da Victoria´s Secret

O próprio Chris afirmou durante entrevista no “The Graham Norton Show”  ter ficado surpreso diante da reação das pessoas à sua cena de nudez. Apesar de não ser nem de longe o único ator a ter protagonizado uma cena com direito a nu frontal, a ocasião ainda é vista como uma raridade pelo grande público.

Jason Segel em “Ressaca de Amor” (2008)


Jason Segel protagonizou uma cena de nudez frontal em
Reprodução

Jason Segel protagonizou uma cena de nudez frontal em “Ressaca de Amor”

Leia também: Almodóvar, Von Trier e os diretores que trabalham a sexualidade em seus filmes

Jason Segel, por exemplo, apareceu completamente nu durante uma cena do filme “Ressaca de Amor”, de 2008. Em entrevistas, na época, o ator chegou a declarar que tinha se sentido completamente livre diante do ocorrido.

Viggo Mortensen em “Senhores do Crime” (2007)


Viggo Mortensen ficou nu no filme
Reprodução

Viggo Mortensen ficou nu no filme “Senhores do Crime”, de 2007

O filme “Senhores do Crime”, de 2007, gerou polêmica não só pela cena de nudez protagonizada pelo ator Viggo Mortensen, mas sim pela violência que está presente na maior parte do enredo, com direito a cenas fortes e sanguinárias.

Leia mais:  Mira Sorvino diz que MeToo deve ir além de “nomear e envergonhar” os predadores

Richard Gere em “Gigolô Americano” (1980)


Richard Gere em cena de nudez no filme
Reprodução

Richard Gere em cena de nudez no filme “Gigolô Americano” (1980)

Hoje com seus 65 anos, o ator Richard Gere também apareceu às câmeras do jeito que veio ao mundo. Isso aconteceu no filme “Gigolô Americano”, de 1980. O drama gira em torno de um gigolô que é acusado de matar a própria cliente, e conta com inúmeras cenas de nudez.

Matthew McConaughey em “Killer Joe” (2013)


Oscar Matthew McConaughey já posou nu em
Reprodução

Oscar Matthew McConaughey já posou nu em “Magic Mike” e em “Killer Joe”

Leia também: Há 100 anos, Hollywood tinha sua primeira cena de nudez

Assim como Chris Pine , Matthew McConaughey também protagonizou uma cena de nudez. Durante o filme “Killer Joe – Matador de Aluguel”, lançado em 2013, o personagem interpretado por Matthew aparece completamente nu ao mesmo momento em que agride outro personagem.

Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana