conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja 5 carros que ninguém esperava que estariam no Salão do Automóvel 2018

Publicado

Nas semanas que antecederam o Salão do Automóvel 2018, uma boa parte das fabricantes que participam do evento divulgaram o que teriam em seus estandes. Afinal, a consequência de um mundo digital e conectado é a dificuldade em guardar segredos. Está cada vez mais difícil fazer com que o público realmente fique boquiaberto com uma novidade inesperada. Mas tivemos algumas surpresas neste ano.

LEIA MAIS: Veja a galeria das principais novidades do Salão do Automóvel 2018

A reportagem do iG Carros elege cinco modelos que ninguém esperava que estariam no Salão do Automóvel 2018 . Alguns deles surpreenderam não apenas jornalistas, mas também funcionários de suas próprias montadoras que ajudavam na organização do evento.

LEIA MAIS: Protótipo da Hyundai antecipa as linhas do próximo HB20

1 – BMW Série 3


BMW Série 3 foi o mais inesperado entre os lançamentos do Salão do Automóvel 2018
Divulgação

BMW Série 3 foi o mais inesperado entre os lançamentos do Salão do Automóvel 2018

O novo Série 3 apareceu pela primeira vez durante o Salão de Paris (França), que aconteceu no começo de outubro. Pelo tempo, seria muito difícil imaginar que a BMW do Brasil seria capaz de trazer uma unidade do modelo para ser mostrada no São Paulo Expo. Na semana que antecedeu o início do evento para a imprensa, o sedã foi visto deixando a sede da BMW na zona sul de São Paulo, atiçando o imaginário dos fãs. Lembremos que isso ocorreu antes mesmo do modelo ser apresentado em seu país de origem, a Alemanha.

LEIA MAIS: Modelos americanos nada discretos roubam a cena no Salão do Automóvel 2018

Tratando-se da versão 330i, abaixo do capô se esconde o motor de quatro cilindros, de 258 cv de potência. É o modelo mais esportivo do Série 3 convencional. Acima dele, apenas o emblemático M3. O sedã de luxo chegará ao Brasil ainda no primeiro semestre de 2019, importado da Alemanha. Com um novo aporte de R$ 125 milhões na fábrica de Araquari (SC), será nacionalizado em meados do fim de 2019, conforme a fabricante.

Leia mais:  Veja galeria de fotos das principais novidades do Salão doAutomóvel 2018

LEIA MAIS: Nissan apresenta Leaf 100% elétrico e X-Trail híbrido no Salão do Automóvel

2 – Fiat 500X


Fiat 500X está passando por avaliação de público no Salão do Automóvel 2018
Guilherme Menezes/iG

Fiat 500X está passando por avaliação de público no Salão do Automóvel 2018

A FCA vive um impasse com seus concessionários. Os produtos mais rentáveis do grupo têm sido os SUVs Compass e Renegade, que estão restritos à Jeep. Quem vende apenas produtos da marca italiana cobra que a FCA dê atenção para a linha de utilitários esportivos pelo seu lado. Uma solução rápida e prática seria o Fiat 500X , um primo distante do Renegade.

LEIA MAIS: Jeep apresenta versões especiais do Renegade no Salão do Automóvel

Apesar de marcar presença no evento, o Fiat 500X não está confirmado para o Brasil. Trata-se apenas de um estudo de mercado para entender como seria a receptividade do público. A marca italiana também se preocupa com a abordagem do 500X, uma vez que o objetivo não é canibalizar as vendas do Renegade. O último crossover vendido pela Fiat no Brasil foi o antigo Freemont, descontinuado em 2015.

LEIA MAIS: Renault Zoe é o elétrico mais barato do Brasil, por R$ 149 mil

3 – Nissan X-Trail híbrido


Nissan X-Trail surge em versão híbrida no Salão do Automóvel 2018
Caue Lira/iG

Nissan X-Trail surge em versão híbrida no Salão do Automóvel 2018

Antes do Salão do Automóvel começar, a Nissan divulgou que eletrificaria o evento. Era certo que o Leaf 100% elétrico seria uma das atrações, mas a marca surpreendeu ao remover a capa de um dos modelos no estande e revelar o X-Trail híbrido . Tal como o Fiat 500X, o SUV médio da Nissan está passando por uma avaliação do público e poderá ser vendido no Brasil se o feedback for satisfatório.

LEIA MAIS: Conheça o futuro Volkswagen que virá para concorrer com a Fiat Toro

A atração que estreou no Salão de Tóquio (Japão) de 2017 tem motor 2.0, rendendo 147 cv de potência e 21,1 kgfm de torque. O segredo está na unidade elétrica que garante mais 40 cv de potência (portanto, 187 cv ao todo) e 16 kgfm de torque. Em todos os seus mercados no mundo, o X-Trail é vendido apenas com transmissão CVT.

Leia mais:  GM prepara Cruze Sport6 SS com 300cv para o Salão do Automóvel 2018

LEIA MAIS: Fiat mostra SUV com design de cupê no Salão do Automóvel 2018

4 – Mercedes-AMG GT 63 S


Mercedes-AMG GT 63 S do Salão do Automóvel 2018 é um cupê de quatro portas com mais de 600 cv de potência
Divulgação

Mercedes-AMG GT 63 S do Salão do Automóvel 2018 é um cupê de quatro portas com mais de 600 cv de potência

O Mercedes-Benz Classe S sempre conseguiu rivalizar com as versões mais luxuosas do Porsche Panamera, mas faltava um concorrente à altura para o modelo turbo. Bem, entre as novidades do Salão do Automóvel, a marca da estrela de três pontas preparou uma surpresa não apenas para o público, mas também para a rival que está exatamente no estande ao lado: o AMG GT 63 S, um supercarro de quatro portas.

LEIA MAIS: Kia aposta em novos SUVs no Salão do Automóvel de São Paulo

Quem se interessar pelo monstro terá que desembolsar mais de R$ 1 milhão, com as primeiras entregas previstas para o segundo trimestre do ano que vem. Mesmo que seja um veículo voltado ao conforto, com bom espaço interno para quatro passageiros, seu motor V8 4.0 biturbo entrega 639 cv e 91,8 kgfm de torque nas quatro rodas. Pisando fundo, o GT 63 S pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos, com velocidade máxima de 315 km/h.

5 – Chery Tiggo 8


Caoa Chery surpreendeu ao mostrar o Tiggo 8 no Salão do Automóvel 2018
Caue Lira/iG

Caoa Chery surpreendeu ao mostrar o Tiggo 8 no Salão do Automóvel 2018

Os modelos Tiggo 5X e 7 já eram figurinhas carimbadas no estande da Caoa Chery. Ambos os SUVs já estavam confirmados para o Brasil, com fabricação nacional para o fim do ano no Complexo Industrial de Anápolis (GO). Mas é claro que o “rei dos SUVs” (como é apelidado o Dr. Carlos Alberto, o Caoa) teria uma surpresa a mais para o Salão.

LEIA MAIS: Chevrolet Bolt EV 100% elétrico chega ao Brasil em 2019 por R$ 175 mil

Eis que surge o Chery Tiggo 8 , um SUV do porte do Hyundai Santa Fe. Ele virá ao mercado no fim de 2019 para concorrer com os grandes utilitários, como Santa Fe e Pajero Sport, mas nenhuma outra informação foi revelada. Vale lembrar que o Grupo Caoa também está apresentando carros no estande da Subaru (XV, Forester, WRX, STi) e Hyundai (Elantra, Sonata, Santa Fe e Azera) no Salão do Automóvel 2018 .

publicidade

Carros e Motos

Fiat Strada ganha novos equipamentos no Salão do Automóvel 2018

Publicado

por


Fiat Strada: com 20 anos de mercado, modelo ganha novidades durante o Salão do Automóvel 2018
Divulgação

Fiat Strada: com 20 anos de mercado, modelo ganha novidades durante o Salão do Automóvel 2018

Uma das novidades da Fiat para o Salão do Automóvel 2018 é a nova linha de acessórios Mopar para a picape Strada . O pacote com apelo aventureiro passa a incluir extensor de caçamba multifuncional, que serve como divisor e rampa para motocicletas, capa impermeável para os bancos e protetor de soleira.

LEIA MAIS: Confira 5 fiascos que encontramos no Salão do Automóvel 2018

Para o Salão do Automóvel 2018 , a Fiat escolheu as veteranas Adventure 1.8 com cabine dupla e 1.4 Freedom. Além delas, a marca italiana conta com as versões além delas, a linha conta ainda com as versões Working e Hard Working (cabine simples e dupla).

LEIA MAIS: Conheça os 10 carros mais caros e potentes do Salão do Automóvel 2018

A versão Freedom foi designada especialmente para os clientes que precisam de um utilitário, porém, sem abdicar o conforto. Para tal, pode ser equipada com central multimídia com tela de 6,2”, DVD, GPS e câmera de ré. Além disso, há rodas de liga leve aro 14, faróis de neblina com detalhes cromados, capota marítima e sensor de estacionamento traseiro. O modelo também traz a instrução “Freedom” bordada no encosto do banco.

Leia mais:  HondaHR-V 2019: saiba como anda o SUV renovado. Será que se mantém líder?

LEIA MAIS: Veja 5 carros que foram verdadeiras surpresas no Salão do Automóvel 2018

Strada no Salão do Automóvel 2018


Fiat Strada Adventure é uma das atrações da Fiat no Salão do Automóvel 2018, ao lado da Toro
Divulgação

Fiat Strada Adventure é uma das atrações da Fiat no Salão do Automóvel 2018, ao lado da Toro

No caso da Adventure, a linha Strada conta com motor 1.8 e traz central multimídia com televisão digital, DVD, rádio e conectividade Bluetooth. Há um aplicativo de navegação integrado, bem como câmera de estacionamento. A partir da linha 2019, a Strada Adventure começa a ser vendida com pneus Scorpion ATR para todos os terrenos, favorecendo o uso na terra.

LEIA MAIS: Veja o protótipo que antecipa as linhas do futuro Hyundai HB20

A Fiat Strada que está sendo exibida no Salão do Automóvel 2018 é um verdadeiro sucesso de vendas, contabilizando 56 mil emplacamentos em 2018. É o modelo mais vendido de sua categoria, desbancando por muito a vice-campeã Volkswagen Saveiro e a Chevrolet Montana. De acordo com a Fiat, a picape já soma 1,3 milhão de unidades vendidas desde seu lançamento, em 1998, abocanhando a boa fatia de 53% do mercado.

Leia mais:  Mercedes C200 EQ Boost: nova versão mostra avanços, mas falta ser mais econômica

Continue lendo

Carros e Motos

Aston Martin DBX será o primeiro SUV da marca. Veja vídeo do protótipo

Publicado

por

Depois da Bentley, Lamborghini, Ferrari Maserati e Rolls-Royce, agora é a vez de um inglês se juntar ao “clube” dos SUVs de luxo. O Aston Martin DBX acaba de ser anunciado, com um formato mais funcional se comparado ao protótipo, mostrado no Salão de Genebra (Suíca), em 2015. Conta com cinco portas, embora a grande maioria das suas linhas permaneça escondida pela camuflagem que percorre a carroceria. Entretanto, a grade dianteira demonstra que segue a identidade visual da marca, tal como o restante dos modelos GT.

LEIA MAIS: Linha de SUVs tornou-se mais importante que ter gama de hatches e sedãs

Quanto ao lançamento, apenas deverá acontecer na segunda metade de 2019, quando ofertará — entre os rivais de sua categoria — luxo, sofisticação e boas doses de esportividade. Quanto à parte técnica, o Aston Martin DBX tem como base a mesma plataforma que será usada no Aston Martin Lagonda , modelo de luxo que será lançado em 2021.

LEIA MAIS: Rolls-Royce Cullinan quer redefinir o significado do luxo entre SUVs premium

Leia mais:  HondaHR-V 2019: saiba como anda o SUV renovado. Será que se mantém líder?

Desempenho do Aston Martin DBX


Aston Martin DBX: Mais um SUV derivado de supercarros refinados,como a Ferrari, Lamborghini, Bentley e Rolls Royce
Divulgação

Aston Martin DBX: Mais um SUV derivado de supercarros refinados,como a Ferrari, Lamborghini, Bentley e Rolls Royce

O que se adianta a partir dos resultados da bateria de testes — realizada, entre os locais, na casa de Gaydon, o Círculo Polar Ártico, os pelos desertos do Médio Oriente, nas autoestradas alemãs e, claro, pelo circuito Nurburgring — é que o SUV será eficaz no fora-de-estrada, mas honrando o bom desempenho no asfalto que, para a fabricante, é uma marca registrada.

LEIA MAIS: Por R$ 1,7 milhão, o primeiro Lamborghini Urus virá ao Brasil no final do ano

Quem atesta a sua eficácia é Matt Becker, engenheiro-chefe do projeto. “O DBX é um tipo muito diferente de Aston Martin. Testamos em todas as condições e em todos os terrenos possível para garantir que ofereça uma experiência de condução, merecedora do símbolo alado. Desse modo, uniremos robustez, esportividade e sofisticação”, afirma.

LEIA MAIS: Bentley revela versão híbrida do SUV de luxo Bentayga, no Salão de Genebra

Leia mais:  Mercedes C200 EQ Boost: nova versão mostra avanços, mas falta ser mais econômica

O primeiro SUV esportivo da marca será, também, o primeiro Aston Martin a ser produzido na nova fábrica construída no País de Gales, em St Athan. Andy Palmer, engenheiro, CEO e presidente da montadora, diz que “o carro representará novos tempos tanto no âmbito das “supermarcas” quanto no desenvolvimento tecnológico, uma vez que a demanda do mercado mundial está se voltando cada vez mais aos SUVs, mas não abandona o desejo de ter dirigibilidade e desempenho”.

LEIA MAIS: Crossover SUV cupê seria o sucessor dos sedãs num futuro próximo?

A tendência das fabricante de migrar seus esforços para o desenvolvimento dos SUVs (como o Aston Martin DBX ) não é em vão. A margem de lucro desse segmento representa maior valor agregado que com os carros de passeio comuns. Portanto, os utilitário esportivos se tornaram mais importantes que qualquer outro tipo de carro na estratégia das grandes marcas, tanto em termos de volume quanto em termos de lucratividade.

Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana