conecte-se conosco


Mato Grosso

Taques participa de plantio de muda em ato simbólico no Paiaguás

Publicado

O governador Pedro Taques recebeu nesta quinta-feira (11) líderes cristãos e representantes do Legislativo Estadual para realizar um ato simbólico, que propõe o resgate e desenvolvimento nas principais áreas administradas pelo governo. Este ato incluiu o plantio de uma muda de Pau-Brasil na área verde do Palácio Paiaguás.

A mobilização está sendo realizada em todo o país e já percorreu cinco capitais brasileiras. “Este ato mostra a ligação entre o Estado e a religião, deixando claro que o Brasil é um país laico, mas não ateu. Esta árvore significa a renovação e a melhora da vida do nosso Estado, e nós acreditamos nisso”, salientou Pedro Taques.

A iniciativa é coordenada pela Visão Celular Modelo dos 12, liderada nacionalmente pelo Apóstolo Renê Terra Nova e mobilizada no Estado por seus representantes. Em Mato Grosso, ele foi representado pelo deputado estadual Sebastião Rezende.

“É um momento histórico e ímpar. Temos um grupo de líderes evangélicos de vários municípios do Estado que estão neste ato, declarando que Mato Grosso é próspero e que tem a benção de Deus”, explicou o deputado.

Leia mais:  Turismo de MT participa de evento focado nos estados do Brasil Central

De acordo com presidente do Conselho de Ministros Evangélicos de Mato Grosso, Jomar Freitas, esta ação visa também reforçar consciência cívica de amor pela nação.

“O projeto é realizado há 18 anos e tem como anseio o resgate da consciência cívica da nação e também uma restauração espiritual, política, além de declarar bênçãos”, pontuou.

publicidade

Mato Grosso

Alagoano desaparecido há 14 anos é identificado pela Politec em MT

Publicado

por

O corpo de um homem que estava desaparecido há 14 anos foi identificado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) nesta quarta-feira (14.11). Damião Tito Alves (38 anos), era natural de Campo Alegre (AL).

A busca pela identificação do homem começou no dia 21 de março deste ano, quando o seu corpo fora localizado no bairro do Porto, em Cuiabá. Sem documentos e familiares que o procurassem na Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, o corpo ficou mantido no IML como “Não Identificado”.

Em uma vistoria realizada por técnicos em necropsia e papiloscopistas, o corpo foi identificado com o auxílio do Sistema AFIS, da Polícia Federal, que possui as impressões digitais de pessoas que tenham passagens criminais.

“A partir de então entramos em contato com os institutos de identificação para tentar localizar o seu registro civil, mas sem sucesso. Até que e em uma consulta do nome suspeito na internet encontramos uma notícia de 2012 em um site em Alagoas informando o desaparecimento de uma pessoa com o mesmo nome, desde 2004. Tendo este nome como referência, contatamos o Instituto de Identificação de Alagoas que nos encaminhou o prontuário civil da vítima. Através do exame necropapiloscópico foi possível confrontar as impressões digitais do cadáver com as impressões digitais contidas no prontuário civil enviados, e confirmar a identificação da vítima’’, explicou o Diretor Metropolitano de Identificação Técnica da Politec, Ailton Silva Machado. 

Leia mais:  Turismo de MT participa de evento focado nos estados do Brasil Central

Localização da família

Após o contato feito pela Politec com o site que havia publicado a notícia do desaparecimento, outra notícia, informando a identificação de Damião, foi veiculada. No dia seguinte à publicação, a cunhada da vítima entrou em contato com o diretor de identificação declarando ser familiar do homem desaparecido. Com todos os procedimentos de identificação oficial concluídos, a Politec, por meio da Diretoria Metropolitana de Medicina Legal providencia a liberação do cadáver para a família residente no Estado de Alagoas.

Continue lendo

Mato Grosso

0800 da Ouvidoria está indisponível mas o cidadão tem o 162 como opção

Publicado

por

A Controladoria Geral do Estado (CGE) informa que o telefone 0800-647-1520, da Ouvidoria do Estado de Mato Grosso, está temporariamente indisponível. Mas, opcionalmente, o cidadão tem à disposição o número oficial 162 para ligar na Ouvidoria.

Provisoriamente, a CGE disponibilizou os telefones (65) 3613-4605/4107, até que o funcionamento do 0800 seja restabelecido. 

Opcionalmente, contatos com a Ouvidoria podem ser estabelecidos também por meio de registro no endereço www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao (redirecionamento está disponível em todos os sites dos órgãos), pelo e-mail ouvidoria@controladoria.mt.gov.br ou presencialmente na CGE e nas ouvidorias setoriais das secretarias estaduais.

Tem também o aplicativo “MT Cidadão”, que pode ser baixado gratuitamente no endereço http://www.mtcidadao.mt.gov.br. Desenvolvido pela Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTi),  o programa está disponível para o sistema Android na loja Google Play e para o sistema iOS na loja App Store.

Leia mais:  Primeiro Cetas de Mato Grosso deve ser entregue em 2019
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana