conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil recupera carga de defensivos com homem condenado a 50 anos por homicídios

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma carga de defensivos agrícola avaliada em R$ 150 mil foi recuperada em ação conjunta da Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis, do município de Rondonópolis (212 km ao Sul) com a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), realizada na quinta-feira (08).

Um homem que escondia os produtos dentro de casa foi preso por receptação, tráfico de drogas, corrupção de menor e posse irregular de munição. O suspeito, Marcos Simão Pacífico, 40 anos, oriundo do Estado do Rio Grande do Sul, aparece envolvido em 23 assassinatos, sendo réu confesso em oito, todos praticado em seu estado de origem.

O preso tem condenação de 50 anos por crimes de homicídios. Ficou preso em regime fechado 15 anos e está em liberdade condicional com uso de tornozeleira eletrônica.

Os produtos foram roubados no dia 2 de novembro deste ano, de uma propriedade rural, no Distrito de Fátima de São Lourenço, região de Rondonópolis. Na ocasião, a família foi rendida por ao menos cinco homens encapuzados e armados com armas longas.

Leia mais:  Homem que matou ex-mulher em motel confessa crime e alega legítima defesa

As investigações iniciaram pela Derf de Rondonópolis que, em trocas de informações com o GCCO, as unidades conseguiu localizar o possível depósito utilizado pelos criminosos. Os defensivos estavam guardado em dois cômodos de uma casa, no bairro Jardim Iguacú, local de moradia do suspeito, Marcos Simão Pacífico, de 40 anos.

Na quinta-feira, equipes lideradas delegado da Derf Rondonópolis, Vinicius Prezzotto, realizaram campana e procederam às buscas no local identificado. Foram recuperados os defensivos roubados, que ainda serão contabilizados e regularmente apreendidos, além da apreensão de entorpecentes (maconha, pasta base), balança de precisão e apetrechos, encontrados dentro da casa de Marcos Simão.

O suspeito contou que pagou R$ 20 mil pela mercadoria e iria revender por R$ 60 mil. Os produtos podem estar também relacionados a outros dois roubos ocorridos em propriedades rurais, mas a maior suspeita é que pertença a fazenda do Distrito de Fátima de São Loureço. Os policiais estão checando as notas fiscais para confirmar a propriedade.

O preso foi encaminhado para audiência de custódia.

Leia mais:  Polícia Civil prende mulheres por comércio de drogas em frente escola em Várzea Grande

publicidade

Policial

Motorista de ônibus escolar é preso por estupro de adolescente em Campos de Júlio

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O motorista de ônibus escolar do município de Campos de Júlio, Delson Verdecio de Gusmão, 39 anos, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, por estupro mediante violência contra uma estudante de 15 anos. O mandado foi cumprido no final da tarde de quarta-feira (14).

A prisão foi solicitada pela Polícia Civil, após comunicação feita na  Delegacia no dia 2 de outubro deste ano, referentes a atos que iniciaram em setembro, mas que por medo não foram denunciados antes pela vítima.

 A adolescente  compareceu na Delegacia acompanhada de uma conselheira tutelar. A vítima contou que os abusos iniciaram em setembro, quando ela retornava para casa após as aulas. A garota  relatou que no dia 26 de setembro, o suspeito iniciou investigadas contra ela, a puxando pelos braços na tentativa de beijá-la. Nessa ocasião, diante da negativa da menina, o suspeito tocou em suas partes íntimas.

Na madrugada de  28 de setembro, aproveitando que estava sozinha com a vítima no ônibus escolar, o suspeito parou o veículo no meio do trajeto de sua casa até a escola e a puxou novamente pelos braços, empurrou para um banco e manteve relação sexual com ela. No retorno da escola o suspeito investiu novamente, mas acabou desistindo diante de pessoas que estavam trabalhando perto do local onde o ônibus estava parado.

Leia mais:  I Seminário Internacional da Polícia Civil será realizado nos dias 9 e 10/11

O delegado Gilson Silveira classificou o crime de alta gravidade devido ao contato do motorista com crianças e adolescentes. “Uma situação extremamente grave por envolver transporte de alunos  da escola municipal. Ele praticou um estupro contra uma aluna mediante violência e várias vezes atos libidinosos”, disse o delegado.

 

Continue lendo

Policial

Adote uma cartinha dos Correios e arrecadação de alimentos integram campanha de Natal da PJC

Publicado

por

Assessoria |PJC-MT

Com o propósito de ajudar o próximo, a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, por meio da Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança, inserida na Coordenadoria de Gestão de Pessoas (RH), lança a campanha “Natal Solidário da PJC 2018”.

A campanha de cunho social tem como objetivo, estimular os servidores a solidariedade, sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana, além de poder ajudar a quem precisa e/ou fazer uma criança carente feliz com presente de natal.

Neste ano a campanha “Natal Solidário da PJC”, foi estruturada em duas etapas. A primeira em parceria com os Correios (Papai Noel dos Correios – adote uma cartinha), e a segunda será campanha de arrecadação de donativos para Pastoral do Migrante.

A Campanha “Adote uma Cartinha dos Correios” é realizada  junto com escolas públicas e instituições sociais, nas quais as crianças de baixa renda escrevem as cartas ao “Papai Noel”. Nesta ação, será disponibilizado várias cartinhas na próxima quinta-feira (22.11), na recepção do prédio da Diretoria Geral da PJC, das 13h30 às 18h30, para os servidores escolherem e adotarem a sua cartinha e fazer uma criança feliz.

Para os interessados em apadrinhar uma criança carente, o presente poderá ser entregue direto para equipe da Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança, a qual encaminhará o presente para os Correios. O prazo máximo de entrega do presente no setor do RH da Polícia Civil é no dia 12 de dezembro.

Leia mais:  Polícia Civil doa 18 cestas básicas apreendidas em investigação do crime organizado

A segunda ação busca arrecadar vários tipos de produtos necessários, para que a Pastoral do Migrante possa oferecer aos seus assistidos. Os itens são: roupas de todos os tamanhos infantil e adulto, calçados, chinelos, brinquedos, produtos de higiene pessoal como desodorante, escova de dente, pasta de dente, absorventes íntimos, e produtos de limpeza.

A doação poderá ser feita até o dia 14 de dezembro, nos seguintes pontos de coleta: na Coordenadoria de Gestão de Pessoas e na recepção da entrada principal do prédio da Diretoria Geral.

Maiores informações pelo telefone (65) 3613-5627.

 

Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana