conecte-se conosco


Mato Grosso

PM prende três por roubo e tráfico após confronto em Cuiabá

Publicado

No final da manhã desta quinta-feira (08.11), dois homens foram presos e um adolescente apreendido por roubo e tráfico depois de confronto com policiais militares em Cuiabá. Estão presos Renato Cardoso de Matos Corrêa, 21, Natalberth Thiago Gonçalves Moreira, 24, e um adolescente de 16 anos.

Essa ação teve início no bairro do Porto, onde um Fox preto de um motorista de aplicativo foi roubado e seguiu por diversas ruas desse e do bairro Cidade Alta. A vítima, um homem de 45 anos, estava na frente de um prédio residencial quando foi rendido.

Uma guarnição do 10º Batalhão passava pelo local e os policiais suspeitaram, pela presença dos dois jovens e da vítima, todos próximos do carro, que algo de errado estava acontecendo. A viatura fez o retorno, mas logo viu que o carro saia em alta velocidade com os dois rapazes, enquanto a vítima repetia que havia acabado de ter o carro roubado.

Além de passar a acompanhar os assaltantes, a guarnição pediu reforço e outras viaturas militares, incluindo um helicóptero do Ciopaer, atuaram na ocorrência. Por um longo trevo da Avenida Ipiranga, até a Jornalista Alves de Oliveira, os suspeitos dirigiram na contramão e atiraram na direção da viatura. Os policiais revidaram a agressão e seguiram a perseguição.

Leia mais:  Produção de pequi gera renda para agricultores familiares

Na Rua Ester Marques, o carro ocupado pelos ladrões se chocou em um barranco, mesmo assim o condutor, posteriormente identificado como Renato, desceu e fugiu enquanto atirava na direção dos policiais. Já o adolescente saiu do carro com uma arma na mão e se rendeu.

Em um beco do bairro Cidade Alta, Renato entrou em confronto com os policiais pela segunda vez, ele atirou na direção de um soldado, novamente e conseguiu fugir. Logo depois a PM recebeu informações sobre a casa onde Renato havia entrado e estaria escondido, no mesmo bairro.   

No endereço indicado, conforme a narrativa policial (BO 2018.348367) estavam Renato e Natalberth, esse último suspeito de dar apoio ao roubo. A moradia seria uma ‘boca de fumo’, pois havia porções de basta base, cocaína, ácido bórico, balança de precisa, entre outros apetrechos para embalar droga.

A vitima reconheceu Renato e o adolescente como sendo os autores do roubo. Todos os suspeitos e o material apreendidos foram entregues na Central de Flagrantes do Cisc Verdão. Apesar das várias situações de confronto, ninguém ficou ferido. 

Leia mais:  Sejudh realiza tomada de preços para projetos de nova unidade prisional

publicidade

Mato Grosso

Fiscalização apreende ônibus em Mato Grosso

Publicado

por

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos e Delegados (Ager) realiza a “Operação Linha Cruzada” em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Iniciada na última semana a ação combate o transporte clandestino intermunicipal de passageiros.

A operação começou pelo Terminal Rodoviário de Cuiabá. O local foi escolhido pelo grande fluxo de veículos e pessoas, além de interligar as viagens estaduais. Ao todo, 17 veículos que faziam linhas não autorizadas foram apreendidos.

O presidente da Ager Fabio Calmon conta que a operação continua por tempo indeterminado vistoriando as principais linhas de transporte intermunicipal. “Essas atividades rotineiras de fiscalização e integração visam regular o mercado, tirando de circulação operadores que estejam em desconformidade com as normas da agência e colocando em risco a segurança do usuário”.

O coordenador de fiscalização da Ager Fernando Gadenz explica que os veículos apreendidos poderão ser restituídos as empresas 10 dias úteis após o auto de apreensão, mediante o pagamento de multa.

Os usuários do transporte intermunicipal podem denunciar irregularidades pelo telefone da Ager 0800 647 6464 ou whatsapp 98435-7458.

Leia mais:  Veículo roubado é abandonado próximo ao mirante por falta de combustível
Continue lendo

Mato Grosso

Alagoano desaparecido há 14 anos é identificado pela Politec em MT

Publicado

por

O corpo de um homem que estava desaparecido há 14 anos foi identificado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) nesta quarta-feira (14.11). Damião Tito Alves (38 anos), era natural de Campo Alegre (AL).

A busca pela identificação do homem começou no dia 21 de março deste ano, quando o seu corpo fora localizado no bairro do Porto, em Cuiabá. Sem documentos e familiares que o procurassem na Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, o corpo ficou mantido no IML como “Não Identificado”.

Em uma vistoria realizada por técnicos em necropsia e papiloscopistas, o corpo foi identificado com o auxílio do Sistema AFIS, da Polícia Federal, que possui as impressões digitais de pessoas que tenham passagens criminais.

“A partir de então entramos em contato com os institutos de identificação para tentar localizar o seu registro civil, mas sem sucesso. Até que e em uma consulta do nome suspeito na internet encontramos uma notícia de 2012 em um site em Alagoas informando o desaparecimento de uma pessoa com o mesmo nome, desde 2004. Tendo este nome como referência, contatamos o Instituto de Identificação de Alagoas que nos encaminhou o prontuário civil da vítima. Através do exame necropapiloscópico foi possível confrontar as impressões digitais do cadáver com as impressões digitais contidas no prontuário civil enviados, e confirmar a identificação da vítima’’, explicou o Diretor Metropolitano de Identificação Técnica da Politec, Ailton Silva Machado. 

Leia mais:  COT do Pari deve abrigar Escola de Formação de Soldado da PM

Localização da família

Após o contato feito pela Politec com o site que havia publicado a notícia do desaparecimento, outra notícia, informando a identificação de Damião, foi veiculada. No dia seguinte à publicação, a cunhada da vítima entrou em contato com o diretor de identificação declarando ser familiar do homem desaparecido. Com todos os procedimentos de identificação oficial concluídos, a Politec, por meio da Diretoria Metropolitana de Medicina Legal providencia a liberação do cadáver para a família residente no Estado de Alagoas.

Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Polícia Federal

Mais Lidas da Semana