Agro Noticia 728x90

Startups de SP criam totem para medir temperatura de pacientes à distância na recepção de hospitais

Por Redação em 13/04/2020 às 17:07:25

Febre é um dos sintomas do novo coronavírus. Sistema já foi instalado no Hospital Albert Einstein e há indústrias interessadas em testar funcionários. Fevver mede temperatura a distância por totem próximo à recepção

Divulgação/Hoobox

Duas startups paulistas de inteligência artificial desenvolveram um totem que mede a temperatura dos pacientes à distância, logo na recepção dos hospitais. O Fevver, batizado em alusão à palavra "febre" em inglês, já foi instalado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A febre é um dos principais sintomas da contaminação pelo novo coronavírus.

O sistema foi desenvolvido pelas empresas Hoobox e Radsquare, que trabalharam juntas na incubadora de startups do hospital, chamada Eretz.bio, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Pesquisadores da USP criam 'rede social' para doação de materiais entre laboratórios

Pesquisadores da USP criam ventilador pulmonar para emergências 15 vezes mais barato

O sistema funciona por meio de uma visão computacional: uma câmera termográfica e algoritmos de reconhecimento facial escaneiam o rosto dos pacientes e medem a temperatura de forma automatizada, se concentrando na região ao redor dos olhos.

É nos cantos dos olhos que a temperatura é medida, pois as glândulas lacrimais não possuem cobertura de pele, têm umidade relativamente estável, e são vascularmente próximas do cérebro, que controla a temperatura corporal.

Caso a febre seja constatada, um dos sintomas da Covid-19, o Fevver tira uma foto e envia um alerta por smartphone para a equipe de enfermagem de plantão do Einstein e tem início o protocolo de triagem e isolamento.

Após ser testado na recepção, o sistema será instalado também em outros setores do Hospital Albert Einstein para medir a temperatura de visitantes e funcionários.

A ideia dos pesquisadores é de que o sistema possa ser utilizado em hospitais de campanha que começaram a funcionar nos últimos dias e em hospitais da rede pública de saúde, mas não há previsão do Governo de São Paulo para que isso aconteça.

De acordo com os desenvolvedores, já há demanda de indústrias interessadas em monitorar a temperatura de funcionários.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença

Foto: Infografia/G1

Initial plugin text

Fonte: G1

Coronavirus 728x90
InfoJud 728x90