Bolsonaro admite não ir a debates com Haddad por ‘estratégia’

2

Alegando recomendação médica, Bolsonaro afirmou que não vai participar de debates até o dia 18
Divulgação

Alegando recomendação médica, Bolsonaro afirmou que não vai participar de debates até o dia 18

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, reconheceu a possibilidade de não participar de debates com o opositor Fernando Haddad (PT). “Existe a possibilidade sim estratégica (de não ir a debate)”, afirmou durante uma coletiva de imprensa.

Alegando recomendação médica, Bolsonaro afirmou que não vai participar de debates e de agendas públicas de campanha até dia 18. De acordo com os médicos, ele emagreceu 15 quilos e ainda tem anemia em razão do atentado sofrido no dia 6 de setembro.

Com a ausência de Bolsonaro, ao menos três debates foram cancelados pelos organizadores. O da TV Bandeirantes previsto para esta quinta-feira (11), o da TC Gazeta/ Estadão, que ocorreria no domingo e o do SBT, agendado para segunda-feira (15). Outros debates ainda estão marcados.

Comentários Facebook