Petista Camilo Santana é reeleito governador do Ceará, com 78% dos votos

3

Camilo Santana (PT) ganhou a disputa no primeiro turno e se reelegeu como governador do estado do Ceará
Marcelo Camargo/ABr

Camilo Santana (PT) ganhou a disputa no primeiro turno e se reelegeu como governador do estado do Ceará

Camilo Santana (PT), atual governador do Ceará, venceu a eleição deste domingo (7) e conseguiu se reeleger para o cargo. O professor e engenheiro agrônomo teve 78% dos votos válidos, enquanto o segundo colocado, General Theophilo (PSDB), obteve 12,4%.  Logo atrás vieram o Hélio Góis (PSL), que alcançou 6,9%, o Ailton Lopes (Psol), com 2,4% e Gonzaga (PSTU), que teve menos de 1% dos votos.

Mais de 4,2 milhões de eleitores participaram da votação que reelegeu  Camilo Santana  neste domingo, número que equivale a 82,46% das mais de 6 milhões de pessoas que compõem o eleitorado do Ceará.

Santana liderou as pesquisas de intenção de voto desde o começo do período eleitoral, com altos percentuais que já apontavam sua vitória no primeiro turno. Na pesquisa do Ibope divulgada dia 16 de agosto, o candidato do PT tinha 64% das intenções, enquanto dia 24 de setembro a taxa subiu para 69%.

Segundo colocado, General Teophilo (PSDB) obteve 7% das intenções de voto na última pesquisa elaborada pelo instituto.

O petista  reeleito tem 50 anos de idade e nasceu na cidade de Crato (CE). Casado e pai de dois filhos, é engenheiro agrônomo e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde foi presidente do Centro Acadêmico (CA) e diretor do Diretório Central dos Estudantes (DCE) .

Foi candidato a prefeito da cidade de Barbalha em 2000 e 2004, ajudou em 2006 a coordenar, no Cariri, a campanha vitoriosa do governador Cid Gomes. Foi superintendente adjunto do Ibama no Estado do Ceará em 2003 e 2004 e Secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado também no governo Cid Gomes de 2007 a 2010.

Em 2010 foi o deputado estadual mais votado do Ceará, recebendo 131.171 votos no Estado. No ano seguinte, assumiu o cargo de secretário Estadual das Cidades. Três anos depois, venceu a eleição para governador com 53,3% dos votos válidos, sendo que o segundo colocado, Eunício Oliveira do então PMDB, obteve 46,6%. 

Os desafios para Camilo Santana, reeleito no Ceará


No primeiro turno da eleição, Camilo Santana ganhou pelo PT a disputa pelo governo do Ceará
Facebook/Camilo Santana

No primeiro turno da eleição, Camilo Santana ganhou pelo PT a disputa pelo governo do Ceará

Fator levantado por outros candidatos durante a campanha, a segurança pública do Ceará apresenta taxas preocupantes. Segundo o Anuário de Segurança Pública de 2018, o estado ficou em terceiro lugar na taxa de mortes violentas intencionais, atrás apenas do Rio Grande do Norte e do Acre.

A cidade de Fortaleza registrou 1.931 vítimas de homicídios dolosos no ano de 2017, com crescimento de quase 100% em relação ao ano anterior, com 965 vítimas. Este foi o maior número entre as capitais brasileiras, seguido do Rio de Janeiro, com 1.492 casos, e Salvador, com 1.325.

Além disso, foi o maior crescimento observado, sendo que 16 dos estados tiveram redução no número de vítimas de homicídios dolosos entre 2016 e 2017.

Vencedor da disputa já no primeiro turno da eleição no Ceará, Camilo Santana tomará posse no Palácio da Abolição, em Fortaleza, no dia 5 de janeiro. Seu mandato vai até o dia 31 de dezembro de 2021.

Comentários Facebook