Fernando Haddad prega união e diz que “segundo turno é oportunidade de ouro”

2

Candidato Fernando Haddad (PT) disputará segundo turno da eleição contra Jair Bolsonaro (PSL)
Ricardo Stuckert

Candidato Fernando Haddad (PT) disputará segundo turno da eleição contra Jair Bolsonaro (PSL)

O candidato Fernando Haddad (PT) celebrou o resultado da votação deste domingo (7) e classificou sua  ida ao segundo turno da eleição presidencial como uma “oportunidade de ouro”. Dono de mais de 30 milhões de votos (29% do total), o petista se reuniu com apoiadores em São Paulo e se disse “extremamente honrado” com o apoio recebido, pregando mensagem de união e alertando que “a democracia corre riscos no Brasil”.

“Quero dizer que me sinto também desafiado pelos resultados, que são bastante expressivos no sentido de nos fazer atentar aos riscos que a democracia corre no Brasil. É uma oportunidade inestimável que o povo nos deu e que nós precisamos com sobiredade e muito senso de responsabilidade”, pregou Fernando Haddad . “Nós queremos unir os democratas do Brasil em um projeto amplo que busque, de forma incansável, a justiça social.”

Leia também: Quem é Fernando Haddad e quais suas propostas para governar

O candidato garantiu que sua campanha colocará a “soberania nacional” e a “soberania popular” “acima de qualquer outro interesse”. “Nós queremos unir o País em torno desse conceito”, disse, acrescentando que “há muita coisa em jogo” na eleição deste ano.

“É diferente do que aconteceu de 1989 para cá. É diferente de todas as eleições que tivemos. Nós asseveramos: essa [eleição] de 2018 coloca muita coisa em risco. Eu diria que o próprio pacto da Assembleia Constituinte de 1988 está em jogo em função das ameaças que ele sofre quase que diariamente. Nós vamos para o campo democrático com uma única arma: o argumento. Vamos com a força do argumento para defender o Brasil e o seu povo. Sobretudo, o povo mais sofrido desse País”, continuou. “O segundo turno nos abre uma oportunidade de ouro: de vencer essa eleição olho no olho, no debate. Viva o Brasil, viva a democracia, viva o povo brasileiro”, finalizou  Fernando Haddad .

Leia também: João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) disputarão o 2º turno em São Paulo

Mais informações em intantes

Comentários Facebook